Alunos do Texas visitam Unisinos

Programa Global Citizenship é voltado a estudantes que têm interesse em assuntos de liderança global

Entre os dias 5 e 16 de janeiro, a Unisinos recebeu, pelo programa Global Citizenship Program, 10 estudantes da Mays Business School, escola de negócios da Texas A&M University, nos Estados Unidos. O objetivo do projeto, promovido pela Unidade Acadêmica de Graduação, é proporcionar aos alunos um período de reflexão sobre os desafios do século XXI. Nesse sentido, os estudantes texanos acompanharam aulas sobre vários assuntos, como liderança, negócios, inovação e direito. A visita aconteceu nos campi São Leopoldo e Porto Alegre e contou com a participação de alunos brasileiros como anfitriões.

Durante a visita, os norte-americanos puderam estudar o Brasil e conhecer seus desafios nos âmbitos de lideranças, mercado, tecnologia, preservação ambiental e cultura. O grupo de universitários pode perceber várias semelhanças entre um lugar e outro. “Essa visita abriu bastante meus olhos para questões que eu não sabia sobre o Brasil, especialmente sobre produção de energia hidroelétrica, e outras fontes de energia, aliada ao cuidado com o meio ambiente. Nesse ponto os EUA ainda têm muito que aprender com esse país, principalmente na questão de preservação ambiental”, destacou Foster Daly, que também ficou surpreso com a colonização alemã em São Leopoldo (RS).

O estudante Andres Cantafio se sentiu em casa. “Nasci e cresci na Venezuela e, voltando para a América Latina, me sinto de volta às minhas origens. Para mim, isso é muito importante para retomar a cultura latino-americana. É um lembrete de que não se pode esquecer suas raízes”, comentou.

O Global Citizenship Program contempla não só os estudantes estrangeiros que vêm ao Brasil, mas também estudantes da graduação da Unisinos, que tem como ‘missão’ apresentar a nossa cultura aos visitantes. Foram selecionados, na edição de 2015, quatro graduandos que atenderam aos requisitos do edital, publicado na página de mobilidade acadêmica da universidade.

A aluna Letícia Zuchetto, uma das selecionadas para o programa, conta que a iniciativa é uma ótima oportunidade de aprendizado. “Além de praticar o inglês, eu tive a chance de aprender sobre Marketing e Administração, áreas distantes da minha graduação em Engenharia Civil, o que agregou muito em minha formação”, ressalta. “Acompanhei eles em tudo, nas aulas, nos programas culturais, foi muito legal”, afirmou Letícia.

Para os americanos, a hospitalidade dos universitários brasileiros fez toda a diferença. “Eu fiquei muito surpreso com a hospitalidade. Eu esperava que nós recebêssemos ajuda, mas fiquei muito grato com a prontidão dos brasileiros em nos mostrar seu país. Esses estudantes e professores têm suas famílias e amigos, mas dedicaram todo seu tempo para nos ajudar a conhecer mais sobre o Brasil”, conta Foster. 

Global Citizenship Program

O organizador da visita foi o professor de graduação e do PPG em Administração, Rafael Teixeira, que estudou durante dois anos na Texas A&M University, durante seu doutorado. O professor acabou se tornando o contato para a realização do programa e tomou a frente das tratativas, coordenando, assim, a parte acadêmica da visita.

O Global Citizenship Program oferece aos estudantes a oportunidade de aprender e entender o contexto brasileiro por meio de palestras, aprendizagem pela ação, visitas a empresas e atividades culturais. O programa reúne professores e alunos de diferentes partes do mundo, que têm a oportunidade de estabelecer uma rede de contatos e de amizades.

 

Fonte: Unisinos  | Foto: Rafael Casagrande