Projeto de Mestrado da FAJE é aprovado pela CAPES

Iniciativa prevê a oferta de 15 vagas para curso de mestrado em Rio Branco (AC)

A CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) aprovou o projeto Mestrado Interinstitucional – Minter, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Teologia da FAJE (Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia), em parceria com a FADISI (Faculdade Diocesana São José), localizada em Rio Branco (AC).

O projeto prevê a oferta de 15 vagas para um curso de mestrado em Rio Branco, a ser oferecido pelos professores de Teologia da FAJE. O intuito da iniciativa é promover o ensino de Teologia no Brasil.

Em 2012, o padre Adelson Araújo, então superior regional da extinta BAM (Região Dependente Brasil Amazônia), e o padre Geraldo De Mori, coordenador do Programa de Pós-Graduação de Teologia da FAJE, tornaram possível um encontro entre representantes da FADISI, única instituição dedicada ao ensino da Teologia na Amazônia, e da FAJE.

Com a abertura do Edital da CAPES no primeiro semestre de 2014, o projeto foi elaborado e protocolado em junho desse ano, e o resultado foi divulgado no dia 23 de novembro. O Projeto prevê a formação de 15 mestres, tanto da FADISI quanto de outras instituições da região.

O Minter deverá começar a ser implementado em 2015, com algumas estadias de estudantes na FAJE, para cursos e pesquisa na biblioteca, e a ida de professores da FAJE a Rio Branco. Nesse contexto, a Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia colabora com a promoção do estudo na Amazônia e com a missão da Companhia de Jesus na região.  

Fonte: FAJE (Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia)