Alunos expõem trabalhos na 34ª ProjETE

Mais de 160 projetos foram apresentados durante o evento realizado em Santa Rita do Sapucaí (MG)

A ETE FMC (Escola Técnica de Eletrônica Francisco Moreira da Costa) promoveu a 34ª ProjETE (Feira de Projetos Futuristas), entre os dias 8 e 10 de outubro, em Santa Rita do Sapucaí (MG). Com foco na inovação, criatividade e sempre atentos às necessidades do mundo que os rodeia, os cerca de 700 jovens inventores desenvolveram mais de 160 projetos para aplicação em segurança, sustentabilidade, acessibilidade e mobilidade urbana.

Segundo o coordenador da ProjETE, professor Fábio Carli Rodrigues Teixeira, “a Feira é um celeiro de ideias que, ao longo dos anos, têm sido aproveitadas e lançadas no mercado. Atualmente, muitas das empresas do Vale da Eletrônica nasceram dentro da instituição, criadas por alunos e ex-alunos que se tornaram grandes empreendedores.”

Os projetos expostos apresentaram importantes avanços tecnológicos, como o sistema auxiliar para deficientes visuais, que orienta a movimentação do deficiente em ambientes novos, por meio de mensagens emitidas pelo toque da bengala no chão; detector de vazamentos em encanamentos de gás; sistema de sensores eletrônicos para acionamento automático de airbag, de proteção ao idoso em caso de queda; dentre outros.

Uma das novidades dessa edição foi a parceria com o Grupo Algar, multinacional brasileira sediada em Uberlândia (MG), que trouxe palestrantes para o evento. Além disso, a empresa também escolheu algumas equipes, que vão expor seus projetos na Mostra Algar de Inovação 2015.  Outras escolas e empresas da região, como Ericsson, INATEL e ABRIC (Associação Brasileira de Incentivo à Ciência), também promoveram palestras e premiações.

Os melhores projetos também foram selecionados para participar da Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia da Universidade de São Paulo), a maior feira de ciência e engenharia do País, voltada para estudantes pré-universitários, que será realizada em março de 2015. As invenções da ETE FMC já conquistaram 66 prêmios na Febrace, além de prêmios no meio científico brasileiro e no exterior.

A 34ª ProjETE ganhou destaque no Jornal EPTV, da Rede Globo. Clique aqui e confira a reportagem que foi ao ar no dia 9 de outubro.

 

Alguns dos projetos da ProjETE 2014:

 

  • Sistema Auxiliar para Deficientes Visuais: dispositivo que orienta a movimentação do deficiente em ambientes novos, por meio de mensagens emitidas de acordo com o toque da bengala no chão.

Grupo: Carlos Eduardo de Paula, Letícia Carneiro de Souza, Ariádine Oliveira Faria Dias, Izabela Gomes Tardioli.

 

  • Ecologia: elementos filtrantes controlados por circuitos eletrônicos, que transformam a umidade do ar em água limpa.

Grupo: Gabriela Pereira Ferrer; Nayara Pereira Simões; Rafael Vieira do Nascimento; Vitor Reis de Souza.

 

  • Estufa Móvel Inteligente (E.M.I.): protótipo capaz de realizar o cultivo de plantas de forma automatizada, por meio de uma estufa móvel controlada por bluetooth (tecnologia wireless usada para transferir dados entre diferentes dispositivos eletrônicos e multimídia, portáteis e não-portáteis). Destaca-se a não utilização de agrotóxicos.

Grupo: Bruno Carmo Kaiuca, Jaíne Cássia Fonseca Amaral, Gustavo Henrique de Andrade Oliveira, Adriene Zilda Corrêa Magalhães.

 

  • Detector de vazamentos em encanamentos de gás: automação eletromecânica, que detecta e isola pontos de vazamento em sistema de distribuição de gás encanado.

Grupo: Enzo Augusto Pinto; Nicolas José Peçanha; Tayná Couto Ribeiro; Victor Putton T. de Souza.

 

  • EPI para o Trabalho com a Rede Elétrica: o projeto alerta o técnico de manutenção da rede elétrica, através de vibrações mecânicas, da falta de algum Equipamento de Proteção Individual – EPI, reduzindo assim os riscos de sofrer descargas elétricas durante os procedimentos de manutenção.

Grupo: Erick P. Brancher; Gianlucca Murad; Layra Helena Ribeiro Pinto Costa; Thuani Carneiro.

 

  • Sistema para Identificação dos tipos de solo, no preparo balanceado da terra, para cultivos agrícolas: equipamento portátil com sensoriamento eletrônico específico, que identifica os tipos de solo, e defini as correções necessárias à produção de um elenco de culturas de plantio.

Grupo: Cristian Henrique da Silva; Flávio Brusamolin Brito; Gustavo Bitencourt; Wanderson Borba Sales Pereira.

 

  • Solução diferenciada para controle da função “pipoca” em aparelhos de microondas: é uma inovação de mercado. Proposta de controle da execução da função “pipoca” em aparelhos de microondas, que evita perda por queima ou não estouro do milho, devido às diferentes qualidades de milho disponíveis no mercado.

Grupo: Allyson A.F. Ribeiro, Heitor Vieira Santana, Igor Vilela Nassar, Jean Zanella Correia.

 

  • Dispositivo individual antiquedas inflável para idosos: sistema de sensores eletrônicos para acionamento automático de “airbag”, que visa proteger o idoso em caso de queda.

Grupo: Ana Luíza Rodrigues Gonçalves, Juilie Silveira Cerqueira, Lucas Ribeiro Vilela Rosa.

 

  • Sistema de segurança contra acidentes em cruzamento, envolvendo veículos emergenciais: o sistema prevê a formação de um “corredor” para facilitar, em tempo real, os trajetos de veículos emergenciais, entre o sinistro e hospitais, agilizando o tempo para atendimento de socorro.

Grupo: Matheus de Souza Magalhães, Rafael Teles Sepúlveda Bonfim, João Paulo Magalhães Ribeiro, Gustavo de Souza Elias, Ney Vitor Felipe Noronha.

Fonte: ETE FMC