Companhia de Jesus apresenta novo percurso de meditação na Espanha

Mais de 600 quilômetros separam os vilarejos de Loyola e Manresa

A Companhia de Jesus apresentou o novo percurso do ‘Caminho Inaciano’ em 30 de julho, na Universidade de Deusto de Bilbao. Agora, os 650 quilômetros que separam os vilarejos de Loyola e Manresa, na Espanha, contam com melhor sinalização, infraestrutura de albergues e refúgios, e uma rota que pode ser percorrida a pé ou de bicicleta.

O Caminho Inaciano celebrará seu primeiro Ano Jubilar de 31 de julho de 2015 a 31 de julho de 2016. O percurso possui 27 etapas: inicia-se na casa natal de Santo Inácio, em Loyola, e atravessa o País Basco, La Rioja, Navarra, Aragão e Catalunha. Aos peregrinos é uma proposta de meditação pessoal e de encontro com Deus, tendo presente que o itinerário é, segundo os promotores, de maior solidão e muito diferente do famoso Caminho de Santiago.

Santo Inácio realizou este percurso como parte de sua peregrinação à Terra Santa, depois de sua conversão durante a recuperação, após a batalha de Pamplona. Ele destinou dois meses para realizar este itinerário, que concluiu em 21 de março de 1522, ao chegar a Manresa. No local, escreveu parte dos Exercícios Espirituais.

A tradição de peregrinar aos santuários de Loyola e Manresa é muito popular desde o século XVII, após as canonizações de Santo Inácio e de São Francisco Xavier, e cresceu no decorrer dos séculos.

O trabalho de construção da nova rota começou no final de 2010, com a criação da Obra Apostólica Caminho Inaciano (OACI). Sua missão será manter vivo o espírito inaciano nos quase 700 quilômetros de peregrinação que unem o santuário de Loyola a Manresa. Para a Companhia de Jesus, o caminho é um instrumento que potencializará o encontro dos peregrinos com Deus.

Fonte: pt.radiovaticana.va