Casa Anchieta é inaugurada em Manaus

objetivo da obra é acolher pessoas que farão experiências de convivência fraterna

“Casa Anchieta é um lugar de acolhida dos voluntários”, afirma padre Anselmo Dias (o último à direita na foto)

A Casa Anchieta, que acolherá voluntários da BAM, foi inaugurada no dia 28 de junho, em Manaus (AM). O objetivo da Casa é acolher pessoas que farão uma experiência de convivência fraterna e que trabalharão na animação missionária com os Jesuítas, de acordo com o seu carisma.

Na inauguração, o padre Anselmo Dias fez uma reflexão sobre o evangelho de São João 1 (35-39).,  lembrando que a casa de acolhida dos voluntários é casa de acolhida da partilha, da alegria e da missão. Após esse momento, houve uma partilha em que todos colocaram suas preces e, no final, a Casa foi abençoada com água benta.

Segundo Francilma Grana, a inauguração foi marcada por muita animação, alegria, músicas, sorrisos e aplausos. Com direito à serenata, rebatizando a mais antiga tradição de cantoria popular da cidade.

Atualmente, cincos leigos voluntários estão na Casa: a chilena Mila Zuñiga Acevedo; um casal da Espanha, Isabella Alfonso e Fede Gerona Plá;e um casal da Colômbia, Jairo Alberto Forero Ardila e Carmem Alice Amaya Rodriguez.

 

Missão em Marabá

No dia 1º de julho, os colombianos Jairo Alberto Forero Ardila e Carmen Alicia Amaya Rodríguez viajaram para Marabá (PA), onde irão contribuir, como voluntários, na comunidade Nossa Senhora da Paz. Além do voluntariado, o casal conhecerá também as iniciativas sociais realizadas na paróquia Sagrada Família.

O padre Anselmo Dias, diretor do ECOAR (Escritório de Comunicação e Arrecadação de Recursos) e coordenador do programa VOJAM (Voluntariado Jesuíta na Amazônia) acompanhou o casal na viagem. O jesuíta apresentou Jairo e Carmen aos coordenadores da comunidade Nossa Senhora da Paz. Os voluntários também participaram de visitas às dependências do Centro Cultural e Biblioteca Padre Gabriel Malagrida, na comunidade de Aparecida.

Fonte: BAM