Jovens da CAJU participam de mostra cultural

Apresentações de teatro, dança e de informática encerraram o primeiro semestre de atividades

Os jovens que participam do Projeto Juventude Sempre Viva da CAJU apresentaram uma Mostra Cultural, no dia 25 de junho. As apresentações de teatro, dança (break e street dance) e de informática encerraram o primeiro semestre de atividades com os adolescentes.

O Juventude Sempre Viva tem como objetivo realizar ações de arte-cultura e inclusão digital, para propiciar formação cidadã, desenvolvendo a capacidade comunicativa e o protagonismo social dos adolescentes atendidos. O Projeto visa fortalecer o vínculo, a construção do conhecimento, e a participação dos jovens, de 12 a 17 anos, que estão em situação de vulnerabilidade social.

Depois que perdeu a mãe, aos sete anos de idade, Dandara Michelli Silva, ficou sob responsabilidade da avó materna, Ana das Graças Silva. No final de 2013, Ana das Graças soube da CAJU pelas professoras da escola da neta e resolveu matriculá-la. Para a dona de casa, a instituição tem aberto portas para a adolescente, pois ela está fazendo cursos que, no momento, a família não tem condições de pagar. “Dandara está crescendo e é melhor estudar nos dois horários, porque ficar em casa sozinha não é o correto, preocupo-me com o bem- estar e educação da minha neta”, diz.

A avó ainda elogia que o comportamento da neta melhorou nos últimos seis meses. Segundo Ana das Graças, Dandara está mais responsável, conversa dentro de casa e está mais amável com os familiares. “A maior mudança foi em relação à educação. Minha neta tem maior interesse em estudar. Ela gosta muito do curso de Informática”, orgulha-se.

Para o professor Fernando Araújo, a iniciativa de matricular o filho na CAJU foi um pedido do próprio adolescente,  Domício Victor Araújo, 12. O jovem tem se mostrado satisfeito com o aprendizado adquirido. Para o pai, a instituição oferece ótimos cursos profissionalizantes gratuitos. “É uma grande oportunidade que meu filho está tendo. Ele está muito feliz com a escolha de vir para CAJU”, conta.

Com duração de um ano, o Projeto Juventude Sempre Viva oferece 80 vagas divididas em dois turnos. Pela manhã, das 8h às 11 horas, são oferecidos os cursos de informática e teatro. No período vespertino, das 14h às 17 horas, o jovem recebe formação em informática e dança. Atualmente, as turmas são formadas por adolescentes que receberam indicação de amigos que passaram pela CAJU.

 

Fonte: Assessoria de comunicação da CAJU