Unicap dedica cátedra a Chiara Lubich

Fraternidade e Humanismo serão as temáticas a serem abordadas nos trabalhos científicos e acadêmicos

A Unicap inaugurou a Cátedra Chiara Lubich de Fraternidade e Humanismo, um novo espaço acadêmico de estudo e pesquisa promovido pela instituição em conjunto com a Faculdade Asces, de Caruaru, em Pernambuco. O auditório ficou lotado durante a solenidade, realizada no dia 25 de março.

A mesa de abertura foi composta pelo reitor da Unicap, padre Pedro Rubens, pelo diretor geral da Asces, professor Paulo Muniz Lopes, pelo presidente da Regional Nordeste 2 da CNBB e bispo de Palmares, dom Genival Saraiva, e pelos professores Fernando de Andrade (Asces) e Thales Castro (Unicap), ambos representando institucionalmente a Cátedra.

A chegada da conferencista, a presidente do Movimento dos Focolares, Drª Maria Voce, que também fez parte da mesa, foi emocionante. Ao som da Ave Maria interpretada pela cantora Surama Reis e pelo músico Percy Marques, do grupo MPB Unicap, ela foi aplaudida de pé pelo público. A abertura oficial do evento se deu em discursos proferidos pelo padre Pedro Rubens e pelo professor Paulo Muniz.

Padre Rubens, sublinhou que “a fraternidade não é um valor romântico ou unicamente religioso, mas um apelo à inteligência, um projeto concreto que assume o risco da história.”

Dom Genival discursou sobre a importância desse novo ambiente de pesquisas acadêmicas. “Trata-se de uma grandeza de visão, largueza de coração e uma imensa noção de cidadania. É a prova de que essas instituições vão além dos seus muros. Quero expressar a alegria da Igreja por esta iniciativa”.

É uma tomada de consciência que está abrindo o caminho para fazer-se cultura. “O estudo e o aprofundamento da fraternidade, está atraindo sempre mais o interesse de pesquisadores das mais diversas disciplinas”, ressaltou o professor Paulo Muniz, diretor da Faculdade Asces. “Uma pesquisa que agora as duas universidades dirigem ao pensamento e à obra de Chiara Lubich, a qual – ele disse – além de ser líder espiritual, é também inspiradora de novas luzes que iluminam as diversas áreas do conhecimento humano”.

Fonte: Unicap/ www.news.va/ www.mppu.org.br