1ª Conferência Livre da Comigrar na Unisinos

Encontro debateu situação de migrantes e refugiados

A 1ª Conferência Livre da Comigrar (Conferência Nacional sobre Migração e Refúgio) reuniu estudantes, professores, representantes do ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados) e da Companhia de Jesus, representada pela ASAV (Associação Antônio Vieira), no campus da Unisinos, em São Leopoldo (RS), no dia 24 de março.

O evento incluiu a reflexão, o debate e a construção de soluções para elaboração da nova Política Pública Nacional, que trata da Migração e do Refúgio no país. “Estamos aqui para estruturar ideias práticas que tornem o Brasil mais justo e menos desigual na perspectiva da migração”, declarou a coordenadora do curso de Relações Internacionais e da CSVM (Cátedra Sérgio Vieira de Mello), professora Gabriela Mezzanotti.

Padre José Ivo Follmann, vice-reitor da Unisinos e diretor de Assistência Social da ASAV, ressaltou a importância da observação dos problemas sociais enfrentados pelos estrangeiros que chegam ao Brasil sob os dois status. “É necessário construir propostas de Políticas Públicas para os migrantes e refugiados, sem esquecer que somos marcados por preconceitos e discriminações. São atos falhos coletivos que podem comprometer a qualidade de vida e socialização”, ponderou o jesuíta.

A deficiência da estrutura para promover tal socialização também foi discutida. A coordenadora do Projeto de Reassentamento Solidário de Refugiados no Rio Grande do Sul, da ASAV, Karin Kaid Wapechowski, deixou claro que “existe a carência de uma estrutura para acolhimento aos reassentados, que devem ter acesso aos mesmos direitos do restante da população”.

O evento da 1ª Conferência Livre da Comigrar avaliou quinze propostas para serem aprovadas na etapa nacional, em São Paulo, entre os dias 30 de maio e 1º de junho. 

Fonte: ASAV