Papa Francisco lamenta morte de Pe. Libanio

Pontífice afirmou que o jesuíta fez muito bem pela Igreja

O papa Francisco foi informado sobre a morte do padre João Batista Libanio, que faleceu dia 30 de janeiro, pelo padre Luis González-Quevedo. O jesuíta entrou em contato com o pontífice por e-mail. O papa lamentou a morte e disse: “Libanio tinha feito muito bem à Igreja e à Vida Consagrada.”

O padre Luis González foi aluno do padre Libanio em Teologia Fundamental, na Faculdade Cristo Rei, em São Leopoldo (RS). “Sempre tive admiração pelo padre Libanio como pessoa e também pelo seu trabalho. Eu fui redator da revista ITAICI, Revista de Espiritualidade Inaciana, e pedia, muitas vezes, artigos para ele, que sempre me atendeu com muita disponibilidade”, afirmou o jesuíta.

 

Foto: www.news.va