FEI e Vivo anunciam parceria para criação de centro de pesquisa

Iniciativa vai estimular o desenvolvimento de projetos ligados à Internet das Coisas e à plataforma Firefox OS

Na foto, o presidente da Vivo, Antonio Carlos Valente, o profº. Vagner Barbeta, diretor do IPEI – FEI e a profª. Rivana Marino, vice-reitora de Extensão e Atividades Comunitárias da FEI.

O Centro Universitário da FEI e a Telefônica Vivo assinaram uma parceria, no dia 27 de janeiro. A iniciativa visa o desenvolvimento de tecnologias digitais na área das telecomunicações. Além de criar um centro de pesquisa, a empresa concederá bolsas de estudo para alunos de mestrado e doutorado.

O Centro de Pesquisa, que deverá entrar em operação ainda no primeiro semestre de 2014, será equipado com computadores e aparelhos celulares, entre outros dispositivos, e terá um professor exclusivo. O objetivo é incentivar os estudantes da graduação, da pós-graduação e da iniciação científica a desenvolver projetos sobre Internet das Coisas – Tecnologia desenvolvida para objetos como óculos, relógios e etc. – usabilidade de aplicativos, plataforma Firefox OS, interfaces adaptativas e estudos sobre perfis de usuários.

Serão envolvidos alunos dos cursos de Ciência da Computação, Engenharia de Automação e Controle e Engenharia Elétrica, que tem ênfase em Eletrônica, Computadores e Telecomunicações. A parceria também prevê a concessão de duas bolsas de estudo integrais ainda neste ano, uma para o mestrado e outra para o doutorado.

“A inovação é um dos pilares da atuação da Telefônica Vivo, portanto a aproximação com o meio acadêmico é estratégica para nós”, afirma Antonio Carlos Valente, presidente da empresa. Segundo ele, a participação da FEI no ecossistema de inovação da operadora é um grande avanço, considerando o alto nível científico já desenvolvido dentro do centro universitário. Para o reitor do Centro Universitário da FEI, Prof. Dr. Fábio do Prado, “a cooperação em áreas estratégicas de pesquisa e de forte apelo inovador é uma das metas de desenvolvimento da FEI, e a parceria com empresa do porte e perfil da Telefônica Vivo vem coroar os esforços de ambas e potencializar as oportunidades de pesquisa e inovação”.

Fonte: FEI