Colégio Santo Inácio retoma Campanha Ignacianos por Haiti

Instituição realizou diversas atividades para financiar a reconstrução da educação no país

Em 2012, a Campanha Ignacianos por Haiti contou com a participação de toda a comunidade educativa do Colégio Santo Inácio. Em outubro de 2013, a Campanha entrou em sua última fase e o Colégio realizou diversas atividades.

Criada pela Federação Latino-Americana e Caribenha de Colégios Jesuítas e Inacianos (FLACSI), a campanha busca financiar a reconstrução da educação do Haiti, fortalecendo a missão da Fundação Fé e Alegria Haiti, que administra quatorze escolas nas zonas mais carentes do país.

Uma dessas atividades foi o Lanche Solidário, em que os próprios alunos trazem os alimentos, que são comercializados na hora do intervalo. Geralmente, são oferecidos sanduíches, bolos e doces e toda a comunidade educativa participa da compra dos lanches.

Além do Lanche Solidário os alunos realizaram a Feira Cultural Hispânica, que reuniu trabalhos de alunos da 2ª série do Ensino Médio. O futebol argentino, a mitologia maia, a literatura uruguaia, a gastronomia peruana e o misticismo mexicano, foram alguns dos destaques da primeira edição do evento. Toda a arrecadação com a venda de comidas típicas, de bebidas não alcoólicas, e de rifas foi destinada à campanha Ignacianos por Haiti.

Para a coordenadora de Espanhol do Colégio Santo Inácio, Flávia Dorneles, a proposta da Feira foi contribuir com o reforço de uma consciência latino-americana no continente, incentivando a integração e a solidariedade entre os países.  “Essa aproximação e a compreensão de ser parte do continente nos leva a conhecer melhor a nós mesmos, nossa história e realidade. É esse sentimento que nos faz solidários à nação que neste momento mais precisa de nós, o Haiti”, destacou.

Para finalizar o mês de atividades foi realizado também o Sebo Solidário, que arrecadou fundos para a campanha. Quase R$ 10 mil foram arrecadados com as atividades realizadas em outubro. “Certos de que estas práticas contribuem de maneira muito especial para a formação dos nossos alunos, quero, em nome das crianças haitianas, agradecer de coração o apoio da comunidade educativa em responder com generosidade aos apelos do Colégio nas suas obras e inciativas sociais”, afirmou por carta o reitor do Colégio Santo Inácio, Pe. Luiz Antonio Monnerat.

Fonte: Colégio Santo Inácio do Rio de Janeiro