Superiores da América Latina e do Caribe participam da 27ª Assembleia da CPAL

Bicentenário da Restauração da Companhia esteve entre os temas do encontro

Os Superiores Maiores da América Latina e do Caribe reuniram-se para a 27ª Assembleia da CPAL (Conferência dos Provinciais Jesuítas da América Latina), realizada no Centro João XXIII, no Rio de Janeiro, entre os dias 5 e 9 de novembro. O encontro, que contou com a hospitalidade dos jesuítas da Província Brasil Centro-Leste (BRC), foi coordenado pela Equipe central da CPAL e teve a presença dos Assistentes e de todos os Superiores Regionais e Provinciais. O Provincial do Chile participou pela primeira vez da Assembleia, enquanto os do México, da Bolívia e da América Central, pela última vez. Também compareceram os Superiores da Jamaica, de Cuba e da Guiana.

Três importantes assuntos estiveram no centro do trabalho da Assembleia:
1. O seguimento do Projeto Apostólico Comum (PAC).
2. A reestruturação das Províncias.
3. A comemoração do Bicentenário da Restauração da Companhia de Jesus (1814-2014).

Com relação ao PAC, o Comitê de Monitoramento (COSEPAC) apresentou o detalhamento das metas, assim como os responsáveis pelos diferentes objetivos. Sobre a reestruturação das províncias, que reflete o desejo do Pe. Geral  Adolfo Nicolás para meados de 2014, todos os Superiores Maiores apresentaram um relatório da implementação deste documento.  A este respeito, a Comissão apresentou uma proposta para trabalhar a questão nas províncias com um itinerário em três etapas, que será lançado em breve. Um dia inteiro foi dedicado ao estudo do Bicentenário da Restauração da Companhia, sob a orientação dos padres Antonio Menacho (BOL), Arturo Reynoso (MEX), Carlos Alberto Contieri (BRC) e Dr. Alfonso Alfaro.

Além disso, em 5 de novembro, Dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, presidiu a Eucaristia e falou também sobre a organização da Jornada Mundial da Juventude. No dia seguinte, o Dr. Luiz Roberto Azevedo (PUC-Rio) fez uma apresentação sobre a economia brasileira no contexto da América Latina.

Fonte: CPAL