Centro Santa Fé promove visita à TV Cultura

Os adolescentes do projeto acompanharam a gravação do programa 'Manos e Minas'

O Centro Santa Fé promoveu uma visita aos estúdios da TV Cultura, em São Paulo, no dia 11 de novembro. Os adolescentes que frequentam, no período da tarde, as oficinas de Teatro, Produção de Áudio, Luz e Som no Centro Santa Fé, localizado na Rodovia Anhanguera, km 25, participaram da gravação do programa ‘Manos e Minas’.

A ideia de levar os 29 adolescentes para uma atividade distinta do cotidiano do projeto, partiu da educadora Dulci Alves, responsável pela oficina de teatro. Por conta da Semana da Consciência Negra, que está sendo organizada pelos educadores do Santa Fé, Dulci decidiu programar uma atividade que chamasse a atenção dos adolescentes para esses assuntos.

“Como estamos próximos do dia da Consciência Negra, pensei em levar os jovens ao ´Manos e Minas’, já que é um programa que – além de trabalhar com temáticas da cultura negra e toda musicalidade do rap – envolve os jovens. Os educandos do projeto se reconhecem nos assuntos e estilos musicais apresentados no programa”, explica a educadora.

Além de acompanhar a gravação, os adolescentes puderam visualizar a dinâmica de trabalho de um set de filmagem, além de conhecer a rotina dos profissionais que trabalham atrás das câmeras e na produção dos programas.

Thalia dos Santos, de 16 anos, gostou de saber como tudo funciona por trás das câmeras. “A oportunidade de saber como são as coisas nos bastidores de um programa de TV foi bem interessante. Os apresentadores precisam decorar o texto, se acontece qualquer erro precisa gravar tudo novamente. Foi legal saber de tudo isso”, conta a educanda.

As letras do Mc Bitrinho e o trabalho dos DJs presentes no programa foi o que mais despertou o interesse e a curiosidade dos jovens. “Eu nunca imaginava ficar tão perto de um DJ assim. Foi bem legal assistir ele tocar e olhar todos os materiais usados durante a apresentação. Eu gosto bastante desse trabalho, mas não conheço tanto assim. Agora que vi de perto sei que tenho que pesquisar e aprender muito”, compartilha Charles Cordeiro, de 15 anos.

A experiência foi tão positiva que agora a intenção é retornar ao programa durante a programação de férias realizada pelo Centro Santa Fé. “Foi ótimo ver que os adolescentes vibraram com a música. Durante a gravação, eles ficaram próximos dos artistas e foram bem participativos. Até fomos elogiados pela produção do programa, que nos convidou para voltar. Então nas férias estaremos lá novamente”, finaliza Dulci.

 

Fonte: Centro Santa Fé