CAJU forma 30ª Turma de Informática e Cidadania

Curso atende a demanda da juventude em relação ao mercado de trabalho

Maria de Jesus e o marido, Francisco Nonato, comemoram a formatura dos filhos Areta e Ariel Silva.

A formatura da 30ª Turma do Curso de Informática e Cidadania da CAJU (Casa da Juventude Pe. Burnier) reuniu os alunos e familiares, no dia 23 de outubro. Dividido em dois turnos, o curso formou 81 jovens, 35 alunos da manhã e 46 da tarde. O objetivo do curso, que tem duração de três meses, é atender a demanda da juventude em relação ao mercado de trabalho.

Para a aposentada Carmelita Pereira da Silva, o curso oferecido pela CAJU veio em boa hora para o filho, Augusto Gonçalves Pereira. O jovem teve a oportunidade de se profissionalizar. O adolescente ingressou na instituição no início do ano, quando Carmelita soube da CAJU. “Eu já tinha a noção do que a Casa oferecia, mas quando a visitei não tive dúvidas em matriculá-lo. Bom que ele está estudando, não fica na rua à toa. Augusto vai continuar no curso para se preparar para o mercado de trabalho”, planeja a mãe.

“A mudança foi grandiosa, eles agora têm perspectiva. Aprenderam a ter ambição para desejar e conquistar um futuro melhor. Queria ter coragem de pegar o microfone e agradecer publicamente por tudo que a CAJU tem feito pelos meus dois filhos”, diz emocionada a dona de casa Maria de Jesus. Ela e o marido, Francisco Nonato, prestigiaram a formatura dos filhos Areta Sila, 16, e Ariel Silva, 14. Ambos concluíram o curso básico de Informática e Cidadania.

Neide Batista Arêbalo, mãe dos gêmeos, Luiz Antônio Arêbalo e de Lorena Arêbalo, 13, está feliz com as mudanças comportamentais dos filhos. Para ela, o curso é muito bom e os filhos estão ocupados “não estão fazendo coisas erradas”, reforça Neide. Segundo a mãe, depois que Luiz Antônio começou a estudar na CAJU, as notas e a postura no colégio melhoraram. Além do curso de informática, o menino recebe atendimento psicológico. “Na CAJU meus filhos são bem tratados e bem orientados. Meus filhos mudaram e querem algo melhor”, alegra-se.

Os conteúdos trabalhados durante o período são Introdução ao Processamento de Dados, Softwares Livres (Linux e Open Office), Windows, Internet, Word, Excel, Power Point, digitação e temas vinculados à formação para a cidadania. Em novembro, a CAJU inicia a 8ª Turma de Aprofundamento de Informática. O curso gratuito tem duração de dois meses.

Fonte: Assessoria de Comunicação da CAJU