Jornalista da TV Globo Francisco José abre a 11ª Semana de Integração da Unicap

Repórter falou sobre os bastidores do seu trabalho e sustentabilidade

A abertura da 11ª Semana de Integração Universidade Católica e Sociedade (Siucs), em 22 de outubro, foi marcada pela palestra do repórter especial da TV Globo Francisco José. Contando bastidores de reportagens e exibindo trechos em vídeo, ele falou sobre sustentabilidade. A mesa foi composta ainda pela Pró-reitora Acadêmica, Prof.ª Drª Aline Grego, e pelo Pró-reitor Comunitário, Prof. Dr. Padre Lúcio Flávio Cirne. Eles representaram o Reitor, Prof. Dr. Padre Pedro Rubens, que está em férias.

Chico José tem uma relação especial com a Unicap (Universidade Católica de Pernambuco), onde chegou a cursar Direito, mas as viagens pela emissora o fizeram não ter tempo para concluí-lo. “Sou ex-aluno e todos os meus filhos estudaram aqui. Dois se formaram em Jornalismo e Direito e agora a mais nova está fazendo Arquitetura e Urbanismo”, ressaltou.

A trajetória de Chico José no jornalismo ambiental tem tudo a ver com o tema da Siucs: Ações Inteligentes para uma vida sustentável. O jornalista tem mais de duas mil reportagens, incluindo 89 Globos Repórteres nos cinco continentes. Os polos Norte e Sul e mergulhos nos sete mares já foram cenários de reportagens dele em 37 anos de Rede Globo.

O jornalista deu exemplos das consequências da interferência humana no meio ambiente. Em um deles, Chico citou o exemplo africano da proibição da caça de elefantes que, num passado recente, explorava predatoriamente o marfim de suas presas. “Hoje os nativos atuam como guia em safáris apenas mostrando os animais aos turistas. Eles estão ganhando mais dinheiro, em contato com outros idiomas, evoluindo econômica e culturalmente. É a prova de que os animais valem mais vivos do que mortos.”

Chico criticou o poder público brasileiro em relação a práticas de sustentabilidade. “Os governos, sejam eles estaduais, municipais ou federais, não têm políticas voltadas para proteger o meio ambiente. Pelo contrário, eles saem autorizando todo tipo de projeto e as matas vão sumindo, vão desaparecendo”, disse o repórter, que recebeu de presente uma camisa da Fasa (Fundação Antônio dos Santos Abranches) feita com poliéster reciclado de garrafas pet.

A Siucs continua até a próxima sexta-feira (25). Para mais informações, clique aqui.

Fonte: Unicap