Programa de internacionalização

Iniciativa oferece também a possibilidade de continuidade da educação jesuíta fora do Brasil

O Colégio Loyola (MG) acaba de lançar o Programa de Internacionalização de Estudantes Egressos e de Promoção da Continuidade de Educação Jesuíta. A iniciativa tem por objetivo apoiar os jovens que buscam fazer o curso superior no exterior após o término do Ensino Médio. Uma vez que, no mundo globalizado, a internacionalização é um elemento importante para a formação das pessoas e o preparo para o mercado de trabalho.

Desenvolvido em parceria com a agência Daquiprafora, o programa consiste na apresentação das universidades da Companhia de Jesus nos Estados Unidos, entre as quais a Boston College e a Georgetown University, que estão entre as 200 melhores do mundo. Dessa forma, o Colégio Loyola procura promover a possibilidade da continuidade de educação jesuítica e inaciana, orientando as famílias nos requisitos e trâmites para o processo de admissão em universidades jesuítas fora do Brasil.

De acordo com o Pe. Germano Cord Neto, diretor geral e idealizador da iniciativa, o objetivo é “colocar no horizonte dos alunos e das famílias a questão da internacionalização e oferecer possibilidades de continuidade da educação jesuítica e inaciana em algumas excelentes universidades nos EUA”. Para ele, um programa como esse pode ser muito estimulante para a vida acadêmica dos alunos, uma vez que eles descobrirão que, para entrar nas melhores universidades no exterior, precisam de um alto desempenho acadêmico em termos de notas, participação nas aulas e engajamento efetivo em atividades extracurriculares, que, essencialmente, já são uma característica do Colégio Loyola.

Clique aqui e conheça o programa na íntegra.

Fonte: Colégio Loyola (MG)