FEI lança o desafio da ponte de palitos de sorvete na 5ª edição do Concurso Travessia

Escolas do Ensino Médio têm até 11/10 para aceitar o desafio; a ponte deve suportar no mínimo 30 quilos de peso

foto
 
Escolas do Ensino Médio, públicas e particulares, podem se inscrever até 11 de outubro na 5ª edição do Concurso Travessia, promovida pelo Centro Universitário da FEI. Nos dias 13 e 14 de novembro, as equipes inscritas participarão do desafio de construir, em quatro horas, uma ponte de 1,60m de comprimento usando apenas 700 palitos de sorvete, cola, barbante e clipes. Essa estrutura deverá ser capaz de suportar no mínimo 30 quilos. As inscrições podem ser feitas aqui.
 
No primeiro dia do concurso as equipes receberão o kit do material de construção. No segundo dia, as pontes, com tabuleiro para a travessia de um carro aplicador de carga, passarão por um teste estático, para avaliar estrutura e resistência. Depois, um carrinho de 11 centímetros terá que fazer a travessia de um lado ao outro da estrutura, em 30 segundos. Para vencer a competição, a ponte construída precisa suportar o maior peso, por mais tempo, e obter as melhores notas em diversos critérios.
 
As pontes também serão avaliadas por uma comissão julgadora formada por professores da FEI, de acordo com critérios como criatividade, projeto técnico, tamanho e memória de cálculo. A ponte que suportar o maior peso, por mais tempo, além de obter as melhores notas nos critérios acima, vence o concurso. 
 
A equipe vencedora será premiada com uma Lousa Interativa para a escola e um iPod Nano 16 GB para cada integrante. O professor orientador receberá ainda um certificado e um iPod Nano 16 GB.
 
No ano passado, o concurso reuniu 250 alunos, da FEI e de 31 escolas, que construíram 62 pontes. A equipe campeã na categoria EMC (do Ensino Médio) foi a Boomerang, do Colégio da Polícia Militar de Santo André. A ponte construída pela equipe suportou 37,7 kg e foi seguida pelos times Ponte que Partiu 2, do Colégio Amorim, de Ermelino Matarazzo, de São Paulo, e Colantes, do Colégio Jean Piaget, de Santos.
 
Fonte: FEI