Cadernos IHU Ideias traz debate sobre A Pessoa na Era da Biopolítica

Texto é da professora Heloisa Helena Barboza

fotoEm sua 194ª edição, os Cadernos IHU Ideias, do Instituto Humanitas Unisinos, traz o texto A Pessoa na Era da Biopolítica: autonomia, corpo e sociedade de autoria de Heloisa Helena Barboza (foto), doutora em Direito e livre docente da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. 
 
Nas palavras da própria autora: “a proposta do presente trabalho é singela ou ao menos tenta ser prudente: abordar os efeitos de algumas interferências no corpo humano, que suscitam questões jurídicas à luz do direito brasileiro. Mais precisamente, procura-se trazer ao debate o corpo como locus de construção da identidade do ser humano, a qual se dá à luz da autonomia e da subjetividade, em sua possível harmonização com o Direito. Considera-se o corpo do início do século XXI, que traduz de modo bastante claro a era da biopolítica, cenário inafastável que fornece os elementos e onde se desenvolve o mencionado processo de construção. Indispensáveis, por conseguinte, breves incursões nos conceitos envolvidos, especialmente no de biopolítica,como formulado por Michel Foucault.”
 
Esta e outras edições dos Cadernos IHU ideias podem ser adquiridas diretamente no Instituto Humanitas Unisinos ou solicitados pelo endereço humanitas@unisinos.br. A partir do dia 04 de outubro o arquivo será disponibilizado em PDF aqui. Informações pelo telefone (51) 3590-8247.
 
Fonte: IHU Unisinos