JRS da Venezuela realiza atividades recreativas

Objetivo é gerar discussão sobre questões sociais

foto
 
Como parte do fortalecimento institucional do trabalho da Companhia de Jesus na Venezuela, a equipe do escritório de Táchira do JRS (Serviço Jesuíta aos Refugiados), aplicou uma série de atividades recreativas e educativas para jovens integrantes do Programa de Liderança da UCAT (Universidade Católica de Táchira).
 
Questões como o direito à moradia, liderança inaciana, planejamento de vida, autoestima e trabalho em equipe foram desenvolvidas através de discussões, exercícios, dinâmicas e expressão artística por Mariela Castro Mora e Hortensia, membro do conselheiro geral do JRS, juntamente com o gerente Pastoral do UCAT, Luis Gerardo Galvis.
 
Os jovens tiveram a oportunidade de realizar as mesmas atividades de crianças e adolescentes que recebem jogos recreativos e educativos em comunidades de acolhimento e refugiados. Atividades que visam, entre outras coisas, a formação em habilidades para a vida, identificação do projeto de vida, o uso positivo do tempo de lazer e subtração da vulnerabilidade.
 
Luis Gerardo Galvis acolheu a atividade e manteve os relacionamentos entre as obras da Companhia de Jesus. “A experiência foi excelente. Estou muito feliz, é um sonho em que trabalhamos. Sabemos que existem muitas pessoas que querem trabalhar e demos um passo nessa direção. É muito prazeroso trabalhar em conjunto e fazer mais coisas”.
 
O objetivo é que os jovens voluntários que fazem parte das ações do escritório do JRS na Venezuela, também atuem em Pedro María Ureña e Junin, territórios de Táchira, em um projeto financiado pela Embaixada da Holanda na Venezuela.
 
Fonte: JRS