Empresa Júnior da PUC-Rio comemora 18 anos com palestras

Marcus Bruno de Oliveira Mota concedeu entrevista ao PUC-Urgente

fotoNa próxima quarta-feira (25), a Empresa Júnior PUC-Rio comemora 18 anos e para marcar a data especial, uma série de oito palestras foi organizada. Entre os convidados estão nomes como o do técnico da Seleção Masculina de Vôlei, Bernardinho, e o gerente de marketing da marca Farm, André Carvalhal. 
 
Nesses anos, a Empresa Júnior cresceu e colheu frutos: em 2006, ganhou o Prêmio de Qualidade Rio, de empresa mais bem estruturada do Rio de Janeiro. O presidente da Empresa Júnior, Marcus Bruno de Oliveira Mota (foto), conta para o PUC-Urgente detalhes sobre o ciclo de palestras que será realizado, e também lembra um pouco da história da empresa.
 
PUC-Urgente – Como surgiu a Empresa Júnior?
Marcus Bruno Mota: A empresa nasceu em 1995, com o nome de Projeto Júnior. Ela foi formada por um aluno de Administração e um aluno de Economia. A empresa já nasceu com esse caráter interdisciplinar, de aceitar alunos de todos os cursos. Isso sempre foi uma coisa muito presente dentro da Empresa Júnior. Ao longo dessa história, tivemos projetos como a primeira Mostra PUC, que ajudamos a organizar. Nós também nos sentimos um pouco responsáveis pela entrada da Domino%u2019s no Brasil — a Domino%u2019s veio para o Brasil, faliu, e, quando voltou da segunda vez, nos procurou para fazer uma pesquisa de mercado. Nessa pesquisa, descobrimos que a empresa tinha adotado uma estratégia igual à que eles adotaram no México: uma pizza mais apimentada e mais grossa, que não era a preferência dos brasileiros. Então, sugerimos que fizessem mais fina e com menos pimenta, e eles conseguiram ficar aqui. Além disso, fizemos projetos para a Petrobras, Osklen, Shell, e hoje estamos fazendo para a Ambev. Tivemos membros que foram para várias empresas: o CEO do Rock in Rio hoje é ex-membro da Empresa Júnior. Ele foi uma das pessoas que ajudou a criar a Mostra PUC, inclusive.
 
E, nesses anos, como foi o desenvolvimento da empresa?
Marcus Bruno: Começamos a vender projetos, e a empresa foi crescendo naturalmente. A princípio teve um foco muito grande de fazer projeto de mercado — e o foco sempre foi exatamente desenvolver as pessoas através do contato com mercado. Então, sempre foi responsabilidade dos alunos vender, planejar, executar os projetos, e arcar com as consequências das coisas positivas ou negativas que eles fizessem. Hoje, somos a empresa júnior com maior número de projetos por membro do Brasil. Maior número de faturamento por membro do Brasil.
 
O que está programado para a celebração dos 18 anos da empresa?
Marcus Bruno: Nosso objetivo, no início do ano, era fazer alguma coisa para a PUC. Queríamos dar um presente para a PUC e para os alunos, para marcar essa data. Começamos a procurar nomes que fossem de fato interessantes, que não focassem apenas em uma área, e sim de uma gama diversa. Pensamos em oito nomes, em um dia de oito palestras. Trouxemos o Bernardinho, que além de ser técnico da Seleção, trabalha em vários negócios, tem a questão da ideia muito forte; trouxemos André Carvalhal, gerente de marketing da Farm; o Rafael Duton, que tem uma empresa que produz jogos de telefone, a maior da América Latina; tem o pessoal da Teto, que é um projeto social que está crescendo absurdamente, uma iniciativa muito legal e que já está em vários países. As pessoas se unem e constroem casas para pessoas necessitadas; tem a galera da República, que é uma agência de marketing universitária muito boa, e está fazendo muita coisa. Então, trouxemos oito pessoas de áreas diferentes, para abordar todos os conhecimentos da PUC, atrair todos os alunos, e poder de fato dar esse presente.
 
Quais outras novidades?
Marcus Bruno: O evento vai ter três coffee-breaks, e um deles vai ter brownie (parceria com o Brownie do Luis) à vontade para o pessoal; em outro teremos uma parceria com o Na Medida, e o Fastway. Além disso, neste ano, vamos lançar ainda um livro sobre os 18 anos da empresa, contando um pouco dessa história Enxergamos muito as oportunidades para os alunos da PUC. Queremos que as pessoas percebam o impacto que elas podem causar.
 
E como as pessoas podem participar deste ciclo de palestras?
Marcus Bruno: Estamos pedindo para as pessoas se inscreverem, até porque sabemos que algumas palestras terão apelo muito grande. Então, temos que organizar de alguma forma. Tem o hotsite www. ejpucrio.com/18anos, tem na nossa página do Facebook também. Qualquer coisa, é só o pessoal vir aqui e falar conosco, que conseguiremos achar uma forma de colocar todo mundo dentro do possível no evento.
 
Fonte: PUC-Urgente
Por: Isadora Cabral / Foto: Gabriela Doria