Proposta de novo modelo administrativo da futura Província Jesuítas Brasil é discutido

Encontro aconteceu na Unicap, em Recife

foto
 
O Fórum “Identidade e Missão”, realizado na Unicap (Universidade Católica de Pernambuco), recebeu na tarde desta segunda-feira (2) o articulador da integração administrativa Provincialado do Brasil, Pe. Geraldo Kolling (foto). Ele se reuniu com gestores da universidade no anfiteatro do bloco G4.
 
Em uma explanação de pouco mais de uma hora, Pe. Kolling mostrou um estudo sobre o novo modelo de gestão que está sendo implantado com a unificação das províncias brasileiras. A ação pode ser considerada uma decorrência da assembleia de mantenedoras ocorrida nos últimos dias 14 e 15 de agosto no Rio de Janeiro. Segundo Kolling, a expectativa é de que a unificação das províncias esteja concluída até 2015. “Nossa meta é aumentar o espírito de corpo da Companhia com desafios e recursos bem distribuídos. Vamos também incentivar uma maior ação corporativa”.
 
Ainda de acordo com Kolling, na prática, esse novo modelo de gestão irá promover a cisão, fusão ou até mesmo a criação de novas mantenedoras. A fase de estudos deverá levar algo em torno de dois anos. Atualmente, as províncias jesuítas regionais do Brasil contam com 19 mantenedoras e quatro fundações. Pe. Kolling também apresentou outros números da Companhia. Ao todo o país tem 551 jesuítas dos quais 375 são padres.
 
Após a explanação, os gestores foram organizados em cinco grupos para promover um debate a partir das respostas às seguintes perguntas: Em que a Unicap é excelente e difusora da Missão da Companhia de Jesus no Brasil? Quais os maiores desafios da Unicap para realizar a Missão de excelência acadêmica? Em que medida a construção da BRA poderia contribuir no desenvolvimento da Missão da Unicap?
 
Foram citados aspectos como a construção de uma nova política de comunicação; o envolvimento com temas ligados a direitos humanos e questões ambientais; plano de carreira administrativa; e integração entre as universidades jesuítas (PUC-RJ e Unisinos).
 
O Fórum foi encerrado pelo Reitor, Pe. Pedro Rubens que, em tom de agradecimento, ressaltou os valores da Unicap. “Eu me tornei dinamizado com esta universidade. Eu defendo que as universidades, no Brasil de hoje, continuem exercendo o papel de inclusão social. Em várias formaturas que presencio, observo que os primeiros da família a terem um curso superior saíram daqui”.
 
Fonte: Unicap