Primeiro “Direito e Cinema” na Dom Helder é sucesso de público

Filme em debate foi "Batman 2 - Cavalheiro das Trevas", com apresentação do professor Franclim Brito e comentários do professor Émilien Vilas Boas

foto
 
O Centro Dom Helder Câmara de Convenções foi transformado em uma sala de cinema durante a tarde do último dia 23.  Ligado ao curso de Direito Integral, mas aberto à comunidade acadêmica, o projeto ‘Direito e Cinema’ teve um ótimo início, com sessão lotada acompanhada de muita pipoca e refrigerante.
 
O filme em debate foi ‘Batman 2 – Cavalheiro das Trevas’, com apresentação do professor Franclim Brito e comentários do professor Émilien Vilas Boas, que refletiu com os alunos diferentes leituras do direito baseadas no longa-metragem. 
 
Antes de dar o play a primeira sessão do ‘Direito e Cinema’,  Émilien ofereceu aos presentes ‘chaves de leituras’ sobre o filme relacionadas ao a filosofia do direito, foram elas: “O personagem Batman é um vigilante e utiliza de tecnologias que invadem a privacidade dos cidadãos. Outro ponto é que no Estado moderno há uma difícil relação entre segurança e liberdade. Com estas ideias em mente, o que os cidadãos preferem em geral: segurança ou liberdade?”.
 
“Na ficção o Comissário Gordon é um representante do Estado que durante a trama é chamado a sair da legalidade em prol da sociedade. O vilão Coringa, por outro lado, representa a ausência de Estado, o chamado ‘mal sem rosto, sem nome’, aquele que provoca a desordem sem objetivo. Sendo assim, em última instância, o que é melhor: um Estado ruim ou Estado nenhum?”. “No decorrer do filme devemos nos ater ao fato de que podemos enxergar o Batman como um representante do poder paralelo, que surge com a falência do poder oficial, a partir da dificuldade encontrada pelo Estado em lidar com alguns problemas sociais. Ele age como as milícias, realizando o trabalho sujo.”
 
Coordenado pelo professor Franclim Brito, o projeto está ligado ao curso de Direito Integral, mas é aberto à comunidade acadêmica. “Toda a Escola é convidada a participar. Além da pipoca e refrigerante, os alunos ganham três horas de atividades complementares”, informa o professor. As próximas sessões acontecem nos dias 27 de setembro, 18 de outubro e 8 de novembro, sempre das 14h às 18h.
 
Fonte: Dom Helder