Papa Francisco visitará centro jesuíta para refugiados em Roma

Centro Astalli é o braço italiano do JRS (Serviço dos Jesuítas para os Refugiados)

foto
 
O Papa Francisco visitará no próximo dia 10 de setembro o Centro Astalli, a estrutura dos jesuítas para acolher refugiados no centro de Roma. No início de abril, o Padre La Manna (foto) havia escrito uma carta ao Papa Francisco convidando-o a visitar o Centro localizado no coração de Roma e administrado pelos jesuítas. No dia 6 de abril, o próprio Papa telefonou ao presidente do centro para assegurar-lhe que visitaria o local.
 
O Centro Astalli é o ‘braço’ italiano do JRS (Serviço dos Jesuítas para os Refugiados), organização católica internacional presente em mais de 40 nações, fundada em 1980 pelo Padre Pedro Arrupe, então Superior Geral da Companhia de Jesus, cuja missão é “acompanhar, servir e defender os direitos dos refugiados e dos deslocados”. Diariamente são servidas 450 refeições no local “a pessoas que pedem auxílio para sobreviver”.
 
Em 8 de julho passado, o Papa Francisco visitou a ilha de Lampedusa, no sul da Itália – local de emergência humanitária devido aos imigrantes que desembarcam continuamente vindos principalmente do norte da África -, quando lançou um apelo a favor da acolhida do migrantes e refugiados e denunciando a “globalização da indiferença”. 
 
foto
 
Fonte: News VA