Papa celebra missa na festa de Santo Inácio

"Devemos colocar Jesus no centro de nossas vidas"

foto
 
O Papa Francisco celebrou uma Santa Missa, nesta manhã de quarta-feira, na igreja de Jesus, em pleno centro de Roma, pela festa litúrgica de Santo Inácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus. Tratou-se de uma missa, em forma privada, como aquelas que o Papa celebra todas as manhãs na Capela da Casa Santa Marta, onde reside no Vaticano.
 
Em sua homilia, Papa Francisco exortou seus coirmãos jesuítas, “a colocar Jesus ao centro das suas vidas e não a própria pessoa” e dirigiu seu pensamento ao jesuíta sequestrado na Síria, recordando: “Os jesuítas são chamados, em diversos modos, a dar a sua vida pelos outros, como fez São Francisco Xavier e Pe. Pedro Arrupe, que teve um enfarte ao voltar de uma visita a um campo de refugiados”.
 
Participaram da celebração Eucarística o Superior Geral da Companhia de Jesus, Pe. Adolfo Nicolás, que fez uma saudação inicial ao Santo Padre, e cerca de 800 pessoas, entre jesuítas, colaboradores, funcionários, representantes de duas Congregações de Irmãs de inspiração inaciana.
 
Papa Francisco permaneceu na igreja de Jesus por cerca de duas horas. Depois da Santa Missa, visitou o quarto do fundador da Companhia de Jesus, Santo Inácio de Loyola, na qual se deteve em oração. Depois, permaneceu diante do relicário, que contém o braço de São Francisco Xavier, e diante do túmulo do Pe. Pedro Arrupe, ex-Superior Geral e histórico “papa negro”, falecido há 20 anos.
 
Por fim, ao acender diante do altar uma lâmpada votiva, Francisco se entreteve com seus coirmãos jesuítas, participando de um momento de convívio fraterno e festivo. Ao término da celebração Eucarística, uma pequena multidão de pessoas, que se encontrava diante da igreja, na Praça de Jesus, aplaudiu o Pontífice com gritos de “viva o Papa”, enquanto um grupo entoava o canto “Papa, nós te amamos”.
 
Fonte: News VA