Unisinos participa da maior feira de alimentos do mundo

Representantes do Nutrifor marcaram presença no IFT Annual Meeting & Food Expo

fotoRepresentantes do Instituto de Ciências, Tecnologia e Inovação em Alimentos para a Saúde (Nutrifor) da Unisinos estiveram presentes em uma as mais importantes feiras do mundo na área de alimentos. O IFT Annual Meeting & Food Expo, que ocorreu na segunda quinzena do mês de julho, em Chicago, nos Estados Unidos, reuniu tanto o meio acadêmico quanto o de negócios. Segundo a coordenadora do Instituto, Denize Ziegler, a troca de experiências e vivências foi excelente para o Nutrifor.
 
Além da coordenadora, as professoras Daiana de Souza e Bruna Pontin, juntamente com as pesquisadoras Giovana Mercali e Lisiane Lacerda, embarcaram na viagem. Participar de feiras e eventos em outros países é uma prática comum para a equipe do Nutrifor. “O interessante é que a experiência nunca é só de um professor, é de um grupo”, explica Denize. Para a professora, internacionalizar é estar perto do que está acontecendo de novo na área. 
 
A feira trouxe como temática os ingredientes que compõem os alimentos industrializados, além da necessidade de reduzir o sal nos produtos. Outros pontos debatidos foram a substituição dos corantes artificiais por alternativas naturais e a diminuição de ingredientes nocivos. A última é uma tendência chamada Clean Label, que visa tornar os produtos cada vez mais naturais, eliminando ingredientes dos rótulos.  
 
Parceria
Os representantes da Unisinos aproveitaram a viagem para mais uma troca de experiências. Foi firmado um convênio com a Universidade de Ohio, no qual as universidades estudarão profundamente a erva-mate. Segundo a coordenadora do ITT Nutrifor, Denize Ziegler, os representantes da universidade norte-americana se interessaram pelas propriedades farmacológicas da planta tão apreciada no Rio Grande do Sul. 
 
O intercâmbio entre as universidades vai possibilitar que professores e alunos viagem para participar da pesquisa. Denize explica que os estudantes escolhidos serão do mestrado, por já terem um maior embasamento para integrar o projeto. A seleção dos alunos e mais detalhes da iniciativa serão definidos ainda neste semestre.  
 
Fonte: Unisinos