Companhia de Jesus inaugura exposição no Rio de Janeiro

Exposição 'Jesuítas, Paixão e Glória' faz parte do roteiro da JMJ

Como parte da programação do MAGIS 2013 – um dos maiores encontros pré-Jornada Mundial da Juventude/JMJ -, organizado pela Companhia de Jesus, será inaugurada neste sábado (20), a exposição Jesuítas, Paixão e Glória, no hall de entrada do Colégio Santo Inácio (da Rede Jesuíta de Educação), no bairro de Botafogo. A mostra também faz parte do roteiro cultural que os jovens da JMJ farão durante os dias 23 e 28, pelo Rio de Janeiro.

 A exposição terá nove ambientes e ocupa cerca de 162 metros quadrados, com espaços interativos, que contam a história da maior ordem religiosa da Igreja Católica, e reúne mais de 18 mil jesuítas pelo mundo. Entre as atrações há um painel de 18 X 9 metros no teto, que cobre toda a exposição e reproduz o famoso afresco de Andrea Pozzo (irmão jesuíta e artista italiano), da igreja de Santo Inácio de Loyola, em Roma. Os visitantes poderão apreciar, ainda, a história de Santo Inácio de Loyola (fundador da Companhia de Jesus), livros sobre a literatura de cordel, painéis e imagens.

“Será uma ótima oportunidade para os jovens da Jornada Mundial conhecerem a história da Companhia de Jesus”,  diz o padre Geraldo Lacerdine, coordenador de comunicação nacional do MAGIS e diretor de comunicação da Companhia de Jesus. “A exposição faz parte também das comemorações dos 200 anos de reestruturação da ordem.”

Jesuítas, Paixão e Glória é aberta ao público e ficará de 20 a 28 de julho, das 8 às 20 horas. Segundo Dimas Oliveira, coordenador de criação da mostra, a intenção foi montar uma exposição que atingisse o jovem. “Fugimos um pouco dos padrões porque queríamos mostrar uma linguagem que atraísse o público jovem, com mais interatividade e áudios. Queremos que cause um impacto visual maior para contar a história dos jesuítas.”

Lacerdine adianta que em 2014 a exposição percorrerá o País. “Pretendemos começar por São Paulo, depois seguir para Belo Horizonte, Recife e várias outras capitais brasileiras”. Veja o making of da exposição:

Mostra de Cinema – Paralelamente, também no complexo do Colégio Santo Inácio, acontecerá de 23 a 26 de julho, o Iñigo Film Festival – TIFF, com filmes inacianos sobre a filosofia de Santo Inácio de Loyola, no auditório Antônio Vieira (com capacidade para 200 pessoas), sempre das 13 às 16 horas. Também na Igreja Santo Inácio (com capacidade para 500 pessoas), ao lado do colégio, serão exibidos filmes de diversos países, das 22 horas à meia-noite. Os peregrinos credenciados na JMJ terão preferência, mas o público em geral poderá assistir aos filmes desde que cheguem com antecedência. Mais informações sobre os filmes e horários no site www.tiffestival.com.