Alunos da Unisinos classificam-se entre os melhores em concurso nacional

Maurício Fernandes e Marinangelo Alfredo conquistaram posição de destaque no ranking geral

Entre os mais de 700 projetos submetidos ao concurso Karmann-Ghia de Design, dois alunos da Unisinos se classificaram e fizeram da instituição a única com uma dupla de representantes na final. Maurício Fernandes e Marinangelo Alfredo conquistaram posição de destaque no ranking geral.
 
O desafio que incentivou os dois estudantes da Especialização em Design Estratégico e outros tantos universitários Brasil afora não teve nada de simples: a proposta era redesenhar o veículo Karmann-Ghia Coupé, um clássico da década de 1950 reconhecido ainda hoje por seu estilo refinado e elegante. Para participar, cada concorrente deveria enviar à organização do concurso um projeto completo, contendo descrições das partes interna e externa do modelo e detalhes sobre o conceito por trás da concepção.
 
A proposta de Fernandes, colocada entre as dez melhores, amparou-se em quatro pilares: experiência, personalidade, relacionamento e paixão. A ideia consistia em despertar sentimentos a partir da interação do homem com o produto cuja identidade seria resgatada pela humanização da marca. Já Alfredo, que conquistou o terceiro lugar no ranking, teve em mente o seguinte: “Sendo o Karmann-Ghia um clássico do design, baseei minha proposta em não perder a alma do original. Não queria um carro com visual agressivo e de performance esportiva. Por isso, apostei num automóvel charmoso, que privilegia a elegância das linhas”.
 
No desenvolvimento das propostas, os alunos enfrentaram impasses, mas, como já haviam aceitado o desafio, não desistiram de seguir em frente. “Muitas vezes senti dificuldade em redesenhar algo tão harmonioso quanto o projeto original do Karmann-Ghia. Os elementos estilísticos, as linhas principais da carroceria, a proporção, continuam todos lá”, conta Alfredo, que escolheu focar em princípios ergonômicos no seu exemplar, fazendo com que a parte interna do coupé fosse aumentada em altura e comprimento.
 
Mesmo tendo elaborado suas ideias sozinhos, os dois reconhecem que o apoio de pessoas próximas foi fundamental para os bons resultados. É o que revela Fernandes. “Com absoluta certeza, todos com que me relaciono fazem parte de uma enorme equipe”. O mesmo pensa Alfredo. “Não podia desconsiderar as críticas e opiniões que recebi de colegas. Isso me fez evoluir no desenho final de maneira muito positiva”.
 
Confira abaixo os projetos.
 
Fonte: Unisinos