Comitiva da Unisinos encontrou com alunos que estão na Coreia do Sul

Viagem também tratou de negócios com outras empresas asiáticas

foto
 
Pela sexta vez, o reitor da Unisinos, Pe. Marcelo Fernandes de Aquino, lidera a comitiva da universidade em missão pela Coreia do Sul. A comitiva – formada pelo reitor, pelo diretor de Desenvolvimento e Expansão, Cristiano Richter, e pelo decano da Escola Politécnica, Carlos Moraes –, encontrou com Chang Ho Choi, presidente da Hana Micron, e com Ricardo Felizzola, presidente da joint venture HT Micron, que será a maior empresa de encapsulamento de semicondutores da América Latina e terá sede na Unisinos. 
 
“Foi um momento muito importante de decisões relativas ao andamento final da construção da fábrica da HT no campus da Unisinos. Revimos decisões em relação ao rumo do basecamp e sobre o processo de desenvolvimento de pesquisa a partir das necessidades da HT Micron em que a Unisinos vai se afirmar como universidade de ponta na área de encapsulamento de semicondutores no Brasil”, disse o reitor.
 
A comitiva se reuniu com um dos vice-presidentes de uma empresa japonesa de teste e começou a analisar as possibilidades de parcerias estratégicas também com o Japão. No segundo dia, foi a vez de visitar a SKKU e a KAIST, duas das mais importantes instituições de ensino sul coreanas. “A missão tem sido muito produtiva e focada. Estamos desenvolvendo uma relação avançada de cooperação científica, tecnológica e de inovação com instituições sul-coreanas. Durante as diversas reuniões e encontros aqui, observo que o nome da Unisinos tem sido muito respeitado. Estamos desenvolvendo, de fato, uma relação de confiança com os parceiros asiáticos”, conta Richter.
 
O reitor também se encontrou com os alunos da Unisinos que estão nas universidades coreanas. “Foi um momento muito fraterno, muito bonito. Vi o carinho que os estudantes têm pelo professor Carlos Moraes. Isso me deixou muito impressionado”, lembrou. Com o esforço da Embaixada brasileira, os alunos têm acessado diversas possibilidades de estágios em empresas líderes globais de alta tecnologia. Mais de 30 empresas estão abertas para receber os alunos da Unisinos, que atualmente, tem o maior número de alunos em intercâmbio acadêmico no país.
 
Fonte: Unisinos