Dom Helder discute parceria para o Aprimoramento da Justiça

Aliança com Associação dos Magistrados Mineiros pretende melhorar a máquina da Justiça

foto
 
“É importante discutir o aprimoramento da justiça. Dessa forma, possibilitamos a prática da cidadania como prevista pela Constituição Federal”. As palavras do presidente da Amagis (Associação dos Magistrados Mineiros), Hebert Carneiro, demonstram a necessidade de um funcionamento eficiente da máquina da Justiça. Pensando nisto, a Escola Superior Dom Helder Câmara, por meio de seu reitor, Paulo Umberto Stumpf, discutiu a realização de uma parceria com a instituição. Eles decidiram, por fim, fazer um ato público em defesa da Justiça no início de agosto.
 
Participaram também da reunião a advogada Valdênia Geralda de Carvalho, o coordenador do Núcleo de Prática Jurídica, Luiz Chaves, o pró-reitor de extensão, Francisco Haas e o vice-reitor da Dom Helder, Estêvão D´Ávila Freitas. 
 
O presidente da Amagis falou sobre a importância do aprimoramento da Justiça. “Primeiramente, é preciso dizer, que no atual momento, o Judiciário tem sido muito procurado pela população e que, quase sempre, reclama de morosidade; reclama de processos que demoram a chegar a sua solução final. Então, quando falamos, por exemplo, de discutir o Processo Judicial Eletrônico, discutir a diminuição da possibilidade de recursos da tramitação dos processos, tudo isso, diz respeito à máquina da justiça, a maneira dela funcionar mais eficientemente, com maior serenidade. Com isso ganha o cidadão que tem procurado a justiça cada vez mais”, afirmou.
 
Fonte: Dom Total