Representantes do instituto coreano KEIT visitam o Tecnosinos

Reunião visou a colaboração em projetos da área de Indústria e Tecnologia

foto
 
O Parque Tecnológico de São Leopoldo, o Tecnosinos, recebeu uma importante visita na manhã desta quarta-feira (5). Com o objetivo de colaborar em projetos na área de indústria de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), representantes do Korea Evaluation Institute of Industrial Technology (Keit), da Coreia do Sul, participaram de uma reunião no prédio da Unidade de Inovação e Tecnologia da Unisinos e realizaram um tour na empresa Digistar.
 
O objetivo do encontro foi avançar os termos do entendimento de cooperação em Pesquisa e Desenvolvimento em TIC entre os dois países, colaboração que se iniciou em 2012. O programa permitirá a inversão de recursos e o compartilhamento da propriedade intelectual e dos direitos de comercialização dos produtos resultantes de cada projeto.
 
Para a diretora da Unitec, Susana Kakuta, essa é uma visita muito importante. “O Keit é um instituto vinculado ao Ministério de Indústria e Comércio da Coreia, que trabalha as questões de novas tecnologias para a indústria coreana”, explica. “Portanto, é um parceiro essencial para as nossas empresas, tendo em vista que a Coreia é hoje um dos líderes mundiais na área de TIC.” 
 
A parceria entre os países será realizada dentro de um modelo chamado 2+2, que já vem sendo utilizado na Unisinos, especificamente no caso da HT Micron. “Ele consiste em você ter do lado brasileiro uma empresa e uma universidade, e do lado coreano também uma empresa e uma universidade”, esclarece Susana.
 
Na reunião, estiveram presentes representantes da Keit e da diretoria do Tecnosinos, além do diretor de Desenvolvimento da Unisinos, Cristiano Richter, do presidente da Softsul, José Antonio Antonioni, do professor da Unisinos Sandro Rigo, entre outros. Na ocasião, os participantes trocaram cartões e realizaram apresentações de slides. Na parte da tarde, os coreanos seguiram para Porto Alegre, onde seriam realizadas reuniões com o governo do estado e do município. “Estamos abertos a trabalhar junto com o Brasil”, destacou o diretor do programa nacional de Pesquisa e Desenvolvimento do Keit, Han, Sang-Cheol. “Viemos para realizar esta colaboração”.
 
Fonte: Unisinos