Estudantes de Fotografia da Unisinos ensinam crianças em Novo Hamburgo

No Dia do Desafio, o desafio para a turma de 29 crianças foi grande

foto
 
O lixo da vizinhança da Escola Municipal de Ensino Fundamental Caldas Júnior, no bairro Santo Afonso, em Novo Hamburgo (RS), ganhou novos olhares pelas lentes dos alunos do 4º ano. Na última semana, data marcada pela celebração mundial do Dia do Desafio, o desafio da turma de 29 crianças foi grande: com câmeras fotográficas, eles registraram os resíduos gerados em casas e empresas, em uma leitura imagética sobre o que pode ser considerado banal. Eles foram orientados pelos alunos do curso de Fotografia da Unisinos Kathucy Passos, Matheus Duarte e Rochele Ben Duarte.
 
Os estudantes receberam câmeras e noções básicas sobre fotografia, na atividade apoiada pela coordenação do curso. Eles “treinaram” fotografando as lixeiras da escola e depois saíram às ruas. A chuva não deu trégua. De casa em casa, acompanhados dos instrutores de fotografia e de professores, pediam licença para entrar. As pessoas eram convidadas a abrir as lixeiras, onde os lixos orgânico, reciclável e até de destinação especial (como os gerados em gráfica e oficina mecânica) se transformaram em protagonistas de imagens fotográficas. Isolados ou emoldurados pelas bordas das latas, ganharam um novo significado em registros capturados por diferentes olhares.
 
A professora do 4º ano, Jane Engel Corrêa, que integra o projeto “Por uma formação continuada cooperativa: o processo de construção de objetos de ensino relacionados à leitura e produção textual”, promovido pela Unisinos, trabalha com os alunos a produção de relatórios e pensou em integrar a atividade com uma ação anual da escola. Sob a coordenação da professora Daiana Rocha, que tem formação em Artes Visuais, neste ano acontece a 4ª edição da Mostra Fotográfica Valorização da Vida.
 
Desta forma, a produção de fotografias sobre o tema lixo, além de servir de ponto de partida para a elaboração de relatórios, ainda fará parte da Mostra, que reunirá uma seleção de trabalhos dos cerca de 400 alunos da escola. “A ideia é que todos possam experimentar e são selecionadas três fotos por turma, que ficam expostas. Buscamos trabalhar o olhar do aluno para a fotografia”, explica Daiana. 
 
O projeto realizado na Unisinos tem o apoio da Capes por meio do Observatório da Educação. O objetivo é preparar os professores para atuarem na busca por melhorias no desempenho dos alunos em relação à leitura e escrita. O desenvolvimento do projeto tem parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Novo Hamburgo.
 
Fonte: Unisinos