Alunos do São Luís participam de projeto no Tribunal de Justiça

Projeto Ética permite que alunos conheçam o funcionamento das leis e tenham contato com profissionais da área de Direito

Os alunos do Ensino Médio do Colégio São Luís participaram, nesta segunda-feira (3), do Projeto Ética, que visa mostrar como são encaminhadas as questões jurídicas no país. O objetivo da ação é inserir os estudantes na realidade de um tribunal e discutir o emprego de leis e estatutos regidos pelo Estado. O local escolhido foi o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo – TJSP. Essa é a primeira vez que o projeto tem uma programação externa.

Os alunos foram recebidos pelo presidente do TJSP, desembargador Ivan Sartoni, e assistiram a aulas formais sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e sobre a lei Maria da Penha. Depois, assistiram a uma palestra sobre Direito e participaram de debates gerais, com diálogo aberto. O encontro no Tribunal de Justiça teve a participação de uma juíza, três desembargadores e alunos do curso de Direito da USP.

De acordo com o assessor de Formação Cristã do São Luís, Ceciélio Cortes, o projeto é um exercício de cidadania. “Com o projeto, eles podem interagir com o Direito em si e conferir como as leis são empregadas. É uma ótima oportunidade, também, para os alunos que pensam em se engajar nas profissões que seguem o (curso de) Direito”.

Em outros projetos, o Colégio São Luís desenvolve a importância do conhecimento de cidadania e a vivência de valores cristãos, como os diálogos interreligiosos com representantes do judaísmo, islamismo e cristianismo; a Missão Rural, que insere o aluno em uma comunidade rural no município de Montes Claros-MG, no período das férias escolares; e as atividades de voluntariado, que levam alunos para prestar serviços em creches, asilos, hospitais, comunidades carentes e abrigos para pessoas em situação de rua.