Unisinos e GVDASA se unem em projeto que visa reduzir evasão no EaD

Objetivo da parceria é a troca de experiências

 

foto
 
Uma cooperação entre o Programa de Pós-Graduação em Computação Aplicada (PIPCA) da Unisinos e a empresa GVDASA, localizada no Tecnosinos, acaba de finalizar um produto inovador. “Este empreendimento integra a universidade à iniciativa privada”, diz o coordenador do projeto, Sandro Rigo. “Dificilmente um poderia avançar sem o outro”, completa o diretor da Unidade Acadêmica de Graduação da Unisinos, Gustavo Borba.
 
O diretor da GVDASA, Gilmar Piaia, conta que a aproximação da empresa com a universidade começou com o objetivo de trocar experiências. “Logo encontramos um caminho aberto”, lembra Piaia. Segundo ele, hoje, a parceria entre as duas instituições tem mudado o cenário e a perspectiva da empresa. “Temos a expectativa de que ela continue e se amplie”, enfatiza o diretor. O sentimento é recíproco. Para o coordenador do mestrado em Computação Aplicada da Unisinos, Cristiano Costa, a GVDASA tem sido uma “excelente parceira”. “Muitas empresas não tem essa visão de investir em pesquisa”, lamenta Costa.
 
Isa Mara Alves, gerente de Desenvolvimento de Ensino da Unidade Acadêmica de Graduação, diz que o principal objetivo do projeto é reduzir a evasão nas graduações 100% a distância, por meio da criação de um software que mapeie as interações dos alunos nas plataformas dos cursos. “Com recursos de inteligência artificial, o programa prevê modelos de comportamento que indicam baixo rendimento e possível evasão”, explica o professor Rigo. Em sua segunda fase, a pesquisa aponta resultados animadores: “O software ajudou a reduzir de 10 a 15% a evasão no primeiro estudo de caso”, comemora Rigo. “Isso estimulou a Unisinos a ampliar o projeto.”
 
Isa Mara explica que a GVDASA desenvolveu a parte de computação do software, sob a coordenação científica do pesquisador Sandro Rigo, e que o conteúdo educacional incorporado na ferramenta foi desenvolvido pela Universidade, sob responsabilidade da assessoria pedagógica dos cursos a distância da Unidade de Graduação. Quando um aluno com dificuldade de aprendizado ou com potencial de evasão é identificado por meio de suas interações, por exemplo, dicas de como proceder, elaboradas pela equipe pedagógica, são disponibilizadas ao tutor da Atividade Acadêmica.
 
Fonte: Unisinos