PUC-Rio desenvolve sistema de comunicação sem fio para poços de petróleo

Rede pode enviar informações para a plataforma

 

foto
 
Com o objetivo de substituir os cabos e fibras no sistema de comunicação dos poços de petróleo, o Laboratório de Inteligência Computacional Aplicada (ICA) da PUC-Rio desenvolveu uma rede de dispositivos sem fio que, de dentro dos tubos de produção, enviam informações, como pressão, temperatura e fluxo no fundo do poço, para a plataforma. 
 
De acordo com o diretor do laboratório, Marco Aurélio Cavalcanti Pacheco, o novo sistema pode aumentar em até 30% a eficiência da produção. A Petrobrás já demonstrou interesse no projeto e está negociando com o laboratório uma possível parceria. “Essa tecnologia busca um sonho de consumo da indústria de petróleo, que é de obter, nos poços de produção, todas as informações, como pressão, temperatura e fluxo, de uma maneira mais eficiente, pois a produção exige conhecimento. Os medidores atuais são de grande porte, exigem cabos de fibra óptica na região anular, que fica entre os tubos de revestimento e as paredes do poço. Essa instalação é um pouco rude e, muitas vezes, acaba não funcionado ou funciona mal. A alternativa é a comunicação através dos dispositivos sem fio com tecnologia de sensor”, explica Pacheco.
 
Segundo o diretor de laboratório, a tecnologia ainda precisa de mais testes. “A tecnologia foi testada por simuladores e está fisiologicamente consolidada, mas ainda são necessários os testes de campo. Precisa-se criar um ambiente de comunicação nas unidades de produção, com um comunicador para cada sensor, e investir em retransmissores, já que um dispositivo do fundo do tubo de produção pode não conseguir enviar as informações”.
 
Fonte: PUC-Rio