Paulinas lança “Dizer o testemunho – Dom Luciano”

Obra relaciona artigos do jesuíta durante 1984 e 1988

 

foto“A vida é sagrada. Mas o mundo é violento. O conflito cresce. Isso requer de todos nós uma atitude séria e profunda a favor da vida. A história está cansada de mostrar que da guerra não nasce a concórdia e a paz”. Esta obra é o primeiro volume do projeto de pesquisa “Dizer o testemunho”, da Faculdade de Mariana, que reúne os artigos do jesuíta Dom Luciano Mendes de Almeida, publicados em sua coluna semanal no jornal Folha de São Paulo, entre 1984 e 1988.
 
Esse projeto nasceu no contexto do ano sacerdotal, mais especificamente no dia em que o clero da Arquidiocese de Mariana fazia sua peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora da Piedade, padroeira do estado de Minas Gerais.
 
Os artigos, em seu ritmo semanal, acompanham a trajetória de um dos homens mais lúcidos que o Brasil viu nascer. Inteligência rara, espiritualidade profunda, capacidade ímpar de entrega e doação. Poucos, ao longo dos tempos, se igualaram a ele na radicalidade com que assumiu o seguimento de Jesus Cristo. E é nesse contexto de uma vida vivida num ritmo alucinante que os artigos foram produzidos. É a realidade do Brasil e do mundo que Dom Luciano viveu, assimilou e transformou em oração, que se reflete em seus escritos.
 
Esta obra, publicada em parceria com a Faculdade Arquidiocesana de Mariana, foi escrita por José Carlos dos Santos e Lúcio Álvaro Marques, tem 656 páginas e preço sugerido de R$ 43. Dom Luciano, que morreu em 2006, foi o quarto arcebispo da arquidiocese de Mariana, em Minas Gerais. Ele ingressou na Companhia de Jesus em 1947 e também foi bispo auxiliar em São Paulo, responsável pela criação da Pastoral do Menor, em 1976.
 
Fonte: Max Press