Campanha do Medianeira ajuda pessoas de baixa renda

Ação incentiva a reciclagem de papel e ajuda na construção de casas populares no município de Mandirituba

Há 26 anos, o Colégio Medianeira promove a “Campanha do Papel Reciclável”, que busca contribuir com a preservação da natureza e ajudar pessoas de baixa renda da região de Curitiba. Durante a campanha, os alunos arrecadam todo tipo de papel, depois o material é vendido e todo o dinheiro é revertido para o Comitê Contra a Fome e pela Moradia, que constrói casas populares na região de Areia Branca, no município de Mandirituba.

Desde 1987, a campanha já arrecadou mais de 600 mil quilos de papel e conta com uma grande participação dos alunos e de suas famílias.  Segundo a professora Isabel Piccinelli, o objetivo é incentivar a solidariedade.

“Com este gesto concreto, queremos promover a pessoa humana, despertar nas crianças o espírito de serviço solidário e a consciência da importância do meio ambiente e sua preservação. A campanha é um momento importante no contexto da orientação e da formação religiosa e humana”, disse Isabel.

Padre Guido Valle, um dos idealizadores da campanha e orientador do Serviço de Orientação Religiosa do Medianeira,  contou que a participação dos alunos se tornou cada vez maior ao longo dos anos.

“Pelos resultados, podemos concluir que a adesão e participação tem sido maravilhosa. Não é qualquer campanha que consegue se manter viva por tanto tempo. Desde a primeira campanha, em 1987, a ação é um sucesso e a participação da meninada e de suas famílias tem sido algo muito bonito ao longo desses anos”, afirmou Pe. Guido.

 

Adaptado de: Colégio Medianeira