Jesuíta americano ganha perfil no The NY Times

Matt Malone conta sobre a vocação e sobre o novo Papa

 

foto
 
O padre jesuíta Matt Malone (foto), o mais jovem editor-chefe da revista America, foi recentemente perfilado no The New York Times. Malone sentou-se com o colunista Clyde Haberman para discutir sobre a revista jesuíta centenária, sobre o primeiro pontífice jesuíta e sua vocação jesuíta.
 
Sobre o novo Papa ser um jesuíta, Pe. Malone, que estava em Roma durante o Conclave, disse que isso ainda “é um território inexplorado. É difícil saber como ele nos afeta, além de dizer que estamos muito orgulhosos. O que é indiscutível é que a eleição de Francisco tem sido bom para a revista America. Tivemos um grande número de acessos no site”.
 
Malone também discutiu sua vocação jesuíta. Quando tinha 20 anos e estava trabalhando em Boston, mudou-se para uma casa ao lado de uma paróquia jesuíta. Ele, que tinha paixão por política, ficou cativado pelos jesuítas e sua “espiritualidade e maneira de rezar”. “Eu senti essa mudança, mudança real que só acontece por meio da ação da graça, um movimento radical do coração. Vi que estava desiludido. Foi aí que eu decidi ser padre”, finalizou.
 
Confira a entrevista completa aqui.
 
Fonte: National Jesuit News