Realidade dos povos indígenas é tema de trabalho na Dom Helder

Tema em debate foi "Índio quer Direito" e contou com uma dinâmica de apresentação diferente

 

foto
 
Os alunos do curso Integral de Direito da Escola Superior Dom Helder Câmara acompanharam na última sexta-feira, dia 5 de abril, mais uma atividade do projeto ‘Direito e Cultura’. Desta vez, o tema em debate foi ‘Índio quer Direito’ e contou com uma dinâmica de apresentação diferente.
 
O grupo de estudantes responsável pelo trabalho vendou os demais colegas antes de entrarem no auditório. Chegando lá, eles foram surpreendidos por músicas e sonos que recriavam o ambiente de uma floresta, como pássaros, água e vento. Em determinado momento, as músicas se tornaram mais agitadas e fortes.
 
“Nessa dinâmica dos sons, vocês se depararam com dois momentos distintos: a harmonia e o terror. Procuramos refletir com isso o momento anterior e posterior ao descobrimento do Brasil”, explicaram os componentes do grupo. Segundo eles, a dominação das terras indígenas ao longo dos anos levou a uma situação de insegurança e terror. “É triste pensar que o índio perdeu um espaço que sempre foi seu. De nativo, se tornou um estrangeiros em sua própria terra”, completaram os acadêmicos.
 
Após a dinâmica, o grupo apresentou dados sobre algumas das mais importantes tribos indígenas brasileiras, seus costumes e localização. 
 
foto
 
Fonte: Dom Total