Unisinos fará encontro para os programas de estudo na Coreia do Sul

Objetivo do evento é motivar a participação de alunos nas ações desenvolvidas no país asiático

 

foto
 
Nesta terça-feira, dia 2 de abril, será realizada às 18h no Centro Administrativo da Unisinos, um evento para divulgação das chamadas para a Coreia do Sul dos programas de Ciência sem Fronteiras e da SKKU Summer School. O encontro terá uma videoconferência diretamente da Coreia, com o Daniel Fink, coordenador do setor de Ciência e Tecnologia da embaixada brasileira em Seul, para o esclarecimento de dúvidas.
 
O objetivo do evento é motivar a participação de alunos nas ações desenvolvidas na Coreia por meio da interação com outros estudantes que já tiveram a oportunidade de fazer parte do programa. A presença de professores, alunos com experiência internacional e integrantes da ARID assessoramentos, já está confirmada.  
 
Thiago Teixeira (foto), aluno da Unisinos do curso de Engenharia Elétrica , faz parte do programa Ciência sem Fronteira e está morando na Coreia do Sul. Ele viu o programa como uma oportunidade. “Vi no programa Ciência sem Fronteiras uma chance para aumentar meu conhecimento acadêmico, pois iria estudar em uma das melhores universidades do mundo, e a realização de um sonho que era conhecer a Ásia e vivenciar a cultura asiática”. 
 
O aluno está gostando da experiência no país asiático. “A Coreia do Sul é um dos países com a população mais homogênea do mundo e nem todos se acostumaram com a presença de estrangeiros. Morar aqui tem sido uma experiência ótima. O país é muito seguro, as pessoas são muito legais e a vida é muito facilitada pelas tecnologias que são aplicadas no dia-a-dia. Ter tido a oportunidade de estagiar no quartel general da Samsung na Coreia do Sul foi uma experiência única. A Samsung é o principal motor da Coreia, onde as pessoas trabalham muitas horas por dia e a busca por inovação é constante”, avalia Teixeira.
 
Fonte: Unisinos