Núcleo do Meio Ambiente da PUC-Rio completa 13 anos de fundação

Órgão foi criado pelo reitor Pe. Josafá Carlos Siqueira, sj

 

foto
Núcleo do Meio Ambiente da PUC-Rio completa 13 anos de fundação 
O NIMA (Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente), da PUC-Rio, completa neste mês de março 13 anos de existência. Criado pelo reitor da universidade, Pe. Josafá Carlos de Siqueira, o NIMA tem o objetivo de ser um polo de discussões interdisciplinares sobre questões socioambientais e estabelece a interação da Universidade com a ética ambiental. 
 
Os diretores Luiz Felipe Guanaes (foto dir.) e Fernando Walcacer (foto esq.) destacaram a importância do Núcleo para uma universidade com ações e práticas sustentáveis. Para LWalcacer, a trajetória do órgão sempre foi de ações a longo prazo. “Eu acho que o NIMA representa um movimento importante para transformar a Universidade em autossustentável. Caracteriza-se não só pela preocupação com o Campus, como também, na relação com a comunidade, com o objetivo de tornar o ensino cada vez mais multi e interdisciplinar. A universidade que se propõe a ter um ensino mais abrangente com alunos vai formar profissionais melhores, mais integrados dos problemas ambientais”.
 
Já para Luiz Felipe, as metas são desafiadoras. “A Agenda Ambiental está dividida em metas de curto, médio e longo prazo. Uma meta que nós temos é a corresponsabilidade da PUC em relação à gestão do Vale da Gávea. Se traduz, por exemplo, na limpeza do Rio Rainha em um esforço coletivo e multidisciplinar. É um conjunto de ações em conjunto. Você só vai ter um rio todo limpo e sustentável, na medida em que haja um comprometimento com a comunidade no processo”.
 
Walcacer também destaca a importância no NIMA. “É um passo de gigante tornar uma universidade sustentável. Eu acho que o NIMA é uma experiência pioneira, inclusive entre as universidades brasileiras que ainda não têm esta cultura. Ele representa a Universidade tentando incorporar o discurso da sustentabilidade. A PUC é a única universidade do Rio de Janeiro que tem um programa de sustentabilidade, uma Agenda Ambiental composta por metas, um compromisso de ação”, completa.
 
Fonte: PUC-Urgente