1º Semana de Pascoa do IHU termina com audição de Yara Caznok

Programação segue nesta semana

 

foto
 
“Se a criação teve uma trilha sonora, certamente foi essa”. Assim a canção “A criação” foi definida pela professora Yara Caznok (foto). A obra de um dos mais importantes compositores do período clássico, Joseph Haydn, foi o tema da audição comentada na última sexta-feira, dia 22 de março, como parte da programação de Páscoa do IHU (Instituto Humanitas Unisinos).
 
Dividida em três partes, o oratório desenha a criação do mundo em forma de notas. Cada novo elemento que surge para compor o mundo é um detalhe muito especial na música. Por exemplo, no início quando se fala de profundezas, a tonalidade é grave; quando se fala dos céus, é agudo.
 
“Nenhum detalhe está ali por acaso. Assim como o mundo nasceu em meio ao caos, os instrumentos, aos poucos, vão ganhando forma e harmonia. Outro elemento muito presente é a tática da fuga. A fuga contrasta emoção com a razão. Ordem e equilíbrio são os assuntos tratados”, afirma a professora. 
 
Mais informações no site da IHU.
 
Fonte: IHU Online