Planejamento estratégico da Unisinos reuniu alta administração da universidade

O foco do encontro foram os objetivos e metas da universidade a partir da organização das seis escolas do conhecimento

 

foto
 
Ser uma universidade global de pesquisa é objetivo da Unisinos em 2025. Para chegar até lá, a Unisinos fez seu planejamento estratégico anual pensando as metas por triênios.  “Para fazer o planejamento com esse horizonte temos que produzir de forma concreta, por isso estamos, há três dias, pensando no triênio 2014-2017”, contou João Zani, pró-reitor Administrativo da Unisinos.
 
O Planejamento Estratégico ocorreu de 18 a 20 de março, no Centro de Espiritualidade Cristo Rei, em São Leopoldo. O foco do encontro foram os objetivos e metas da universidade a partir da organização das seis escolas do conhecimento: Escola Politécnica — lançada em outubro de 2012 durante o II Fórum Brasil-Coreia —, Escola de Gestão e Negócios, Escola de Saúde, Escola de Humanidades, Escola de Indústria Criativa: Comunicação, Design e Linguagens e Escola de Direito. “Estamos fazendo o entrelace entre escolas e diretorias acadêmicas. Vimos também as demandas das escolas em relação às unidades de apoio para que o objetivo principal de excelência acadêmica aconteça na sala de aula e o mercado enxergue a qualidade dos nossos alunos”, apontou Zani.
 
Depois de três dias dissecando as ações estratégicas das escolas e revendo os objetivos da universidade, participantes como Daniel Pedroso, coordenador de programação e conteúdo da TV Unisinos, aproveitaram a experiência. “Conhecemos pessoas de várias áreas. A universidade é grande e, desta forma, podemos trabalhar integrado e, ainda, mostrar o trabalho da nossa equipe. Estar em contato com a estratégia da Unisinos é uma ótima forma de orientar nossas atividades”.
 
O planejamento estratégico da Unisinos é uma construção coletiva e, por isso, durante três dias a alta administração, gerentes e coordenadores discutem, reveem e apontam os caminhos traçados pela universidade.
 
Fonte: Unisinos