Catarinense participa de projeto na Câmara Municipal

A aluna Bárbara Becker tomou posse como vereadora-mirim de Florianópolis

O Programa Vereadores-Mirins de Florianópolis selecionou 23 adolescentes de escolas públicas e particulares, entre 12 e 13 anos, para participar do projeto que tem como objetivo fomentar o interesse da juventude por questões públicas. Um desses estudantes selecionados,  foi a aluna do Colégio Catarinense, Bárbara Becker, de 12 anos.

“Sempre gostei de política. Meu bisavô foi um dos primeiros prefeitos de Santo Amaro da Imperatriz, e meus pais me apoiam bastante. Interesso-me pelo lado social”, conta a vereadora-mirim.

O professor de Filosofia do Catarinense, Pedro Lucino da Silva, acompanhou Bárbara na posse junto à Câmara Municipal e destaca o ativismo político da aluna. “Ela sempre busca tomar decisões pensando no coletivo. Nós acompanhamos sua trajetória de vida acadêmica desde pequena. Bárbara sempre se revelou bastante honesta com todos, transparente, sempre consulta os demais para deliberar sobre qualquer assunto”, compartilha Lucino.

Bárbara já tem vários planos para executar durante o projeto na Câmara Municipal de Florianópolis. “Eu já tenho algumas coisas que quero fazer, como dar mais estrutura para o projeto ‘Lagoa Social’, colocar as faixas de pedestres nas escolas perto dos portões de entrada e saída, cuidar para que os esgotos não fiquem entupidos e ainda investir mais no esporte”, conta a estudante.

A diretora acadêmica do Catarinense, professora Cléia Bernadete, afirma que a formação cidadã faz parte do Projeto Político-Pedagógico do Colégio Catarinense. “O verdadeiro educador precisa proporcionar um cenário para o educando, de forma que ele busque se interessar pelo que acontece ao seu redor. Dessa forma, o aluno busca alternativas e estratégias para solucionar e melhorar os problemas da cidade”, contou a professora.

Fonte: Colégio Catarinense