Reitor da Unisinos preside Comitê Pró-Aeroporto Internacional 20 de Setembro

Aeroporto deverá ser construído entre os municípios de Nova Santa Rita e Portão

 

foto
 
No último dia 14 de março, se reuniram, no Velopark de Nova Santa Rita (RS), mais de 200 líderes políticos e empresariais da região metropolitana e vales do Sinos e do Taquari, para a criação do Comitê Pró-Aeroporto Internacional 20 de Setembro, que deverá ser construído entre os municípios de Nova Santa Rita e Portão.
 
Na ocasião, também foi escolhido o presidente que vai encabeçar as ações do comitê. Por aclamação, o reitor da Unisinos, padre Marcelo Fernandes de Aquino, foi o nomeado. A universidade será, a partir de agora, o local das reuniões do grupo, que vai buscar investimentos para viabilizar a construção do aeroporto. “Não tenho ambição política e de holofotes. Meu coração ama o Rio Grande do Sul e vou dar o melhor de mim”, disse Aquino. O reitor destacou que a estrutura do estado passa pelo desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação, e que é preciso estar preparado para dar conta disso e de satisfazer os anseios da próxima geração, que será de “cidadãos globais”.
 
A iniciativa já vinha sendo articulada há três anos por um grupo de voluntários, coordenado pelo presidente do Conselho de Acionistas do Grupo Sinos, Mario Gusmão, que, junto com o professor da Faculdade de Ciências Aeronáuticas da PUCRS, Elones Ribeiro, fez aos presentes uma apresentação sobre a importância da obra. 
 
Projeto
O projeto do 20 de Setembro é de grandes proporções. O aeroporto, depois de concluído, será o segundo maior do Brasil, atrás apenas do de Brasília. O tamanho do terreno onde ele será construído foi declarado de utilidade pública pelas prefeituras de Nova Santa Rita e Portão e tem 25 quilômetros quadrados. Isso representa uma área seis vezes maior que a do Aeroporto Internacional Salgado Filho, de 3,8 quilômetros quadrados.
 
Fonte: Unisinos