Educandos de Fé e Alegria entram na luta contra a dengue

Educandos do município de Serra organizaram caminhada para conscientizar sobre o combate à dengue

Os educandos da Fundação Fé e Alegria do município de Serra (ES), que fazem parte do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Jardim Carapina, tiveram um importante papel na conscientização sobre o combate à dengue. Devido ao alto índice de casos da dengue na região, no dia 7 de março, mais de 30 crianças, juntamente com os educadores sociais, fizeram uma caminhada com o objetivo de orientar os moradores.

Os participantes levaram faixas e distribuíram informativos que mostravam a forma correta de acabar com o Aedes Aegipty, nome do mosquito transmissor da dengue. Durante a caminhada, o educando de Fé e Alegria Warlison Nascimento Couto, de 11 anos, usou uma fantasia de mosquito da dengue. Ele disse que ajuda no combate à doença seguindo as recomendações. “Ajudo a limpar o quintal de casa quase todos os dias, e retiro tudo o que pode acumular água”, afirma.

Os moradores receberam orientações, como manter os quintais sempre limpos, sem latas, caixas, pneus e outros materiais que possam acumular água.  Além disso, foi feito um questionário para identificar se a população conhece a forma de combate o mosquito. As crianças também recolheram tampas de garrafa e outros recipientes espalhados pelas ruas do bairro.

Segundo a Vigilância Ambiental do município de Serra, no período de 1º de janeiro a 2 de março deste ano, foram notificados 85 casos da dengue em Jardim Carapina. O Ministério da Saúde considera de alto risco os locais com incidência acima de 300. No caso de Jardim Carapina, existe uma incidência de 604. Esse dado representa o risco dos moradores da região desenvolverem a doença e o número é calculado de acordo com a população do bairro.

Para tentar mudar a situação, a caminhada ainda teve a participação da equipe de Vigilância Ambiental em Saúde, enviada pela Secretaria de Saúde da Serra, que aprovou a iniciativa. “As crianças se tornam multiplicadoras e acabam gerando um resultado melhor, pois conscientizam os pais e cobram a mudança de comportamento que é tão necessária para combater a dengue”, explica Valmir Lyrio, agente de controle ambiental da Prefeitura Municipal da Serra.

Para Marlene Rocha, coordenadora de pais da Escola Estadual Arlindo Ferreira Lopes, o bairro precisa de ações desse tipo. “A iniciativa da caminhada é muito importante para Jardim Carapina, que está com um alto índice de foco da dengue”, disse.

A ideia é que a luta contra a dengue não fique somente na caminhada. É necessário saber que a prevenção e a mudança de hábitos são as únicas armas contra a doença.

Fonte: Fé e Alegria (ES)