J. Ramón F. de la Cigoña: “Papa Francisco, um jesuíta no Vaticano”

Blog Terra Boa

 

foto
 
O padre jesuíta J. Ramón F. de la Cigoña, sj, escreveu um artigo em seu blog sobre o novo Papa. Confira na íntegra. 
 
Foi uma surpresa para todos e também novidade! Um Papa latino-americano, de nome Francisco e religioso da Companhia de Jesus (jesuíta). Estamos assistindo, em pouco tempo, à queda de algumas tradições: renúncia de Bento XVI (600 anos que isso não acontecia!), escolha de um Papa de fora da Europa (1500 anos que isso não acontecia!) e o primeiro jesuíta a ser escolhido Papa. São novos paradigmas significativos que que numa instituição secular auguram tempos novos! O que Deus está querendo nos dizer e por onde Ele nos quer levar?
 
Jorge Mario Bergoglio, agora Papa Francisco I, nasceu em Buenos Aires e entrou no Noviciado da Companhia de Jesus aos 19 anos de idade. Como cardeal de Buenos Aires/Argentina foi amado pelo seu clero e o seu povo, e teve sérios problemas com os presidentes Kichner da Argentina (Nestor e Cristina).
 
O novo Papa, 75 anos, se apresentou ao povo romano com austeridade evangélica: batina branca e com uma simples cruz de bronze no peito. Rezou e pediu com humildade que rezassem por ele, novo bispo de Roma; abençoou e pediu a benção dos irmãos e irmãs do mundo todo, para poder exercer o seu ministério petrino na caridade. E lembrou fraternalmente do clero da Igreja de Roma! E a todos desejo uma boa noite e um bom descanso! A multidão que ocupava a Praça São Pedro, apesar da noite fria e chuvosa, era testemunha de um novo jeito de exercer o Papado.
 
Francisco, o Poverello de Assis, veio para reconstruir a Igreja , Francisco I, veio das terras de América do Sul, para o centro da cristande para fazer uma Igreja mais fraterna, simples e evangélica, do jeito de Jesus de Nazaré.
 
fotoQue assim seja e aconteça! 
 
J. Ramón F. de la Cigoña, sj