Jesuítas promovem diálogo inter-religioso

Encontro reuniu cristãos, judeus e mulçumanos

 

A Paróquia São Luís, em São Paulo, promoveu ontem, dia 11, um encontro entre jovens e representantes cristãos e judeus para um diálogo inter-religioso. Mais de 50 pessoas participaram do evento. O diálogo foi intermediado pelo secretário geral do ICCJ (Internacional Council Christian and Jews – Conselho Internacional de Cristãos e Judeus), Dick Pruiksma, pelo padre jesuíta Anderson Pedroso e pelo rabino Gilberto Ventura. O ICCJ engloba 38 instituições espalhadas pelo mundo que promovem o encontro e diálogo entre cristãos, judeus e mulçumanos.

O encontro proporcionou aos participantes, a oportunidade de discutir temas atuais referentes às religiões, permitindo a troca de experiência e conhecimento. Jovens deram depoimento sobre suas crenças e tradições e como enxergam a relação entre cristãos e judeus no mundo moderno.

Para a fisioterapeuta Alessandra Barbosa, a convivência é possível e tranquila. “É muito bom. Não penso em outra possibilidade de conhecer tanto sobre o outro que não seja através do diálogo”, disse. Ela participa do grupo Jovens pela Paz, que promove encontros semanais entre cristãos e judeus.

A iniciativa de promover o encontro em São Paulo veio depois de uma visita do Pe. Anderson a Israel, onde ele conheceu o ICCJ.  “O meu foco é formar novas gerações, pessoas que sejam capazes do diálogo, da compreensão mútua e possam estimar o outro. E, estimando o outro que é diferente, possam cooperar com ele”, afirmou.

Além do diálogo com os jovens, Pe. Anderson e o secretário geral do ICCJ visitaram sinagogas em São Paulo e a Federação Judaica com o objetivo de reavivar a discussão. “Estou há apenas um dia em São Paulo e fiquei impressionado com as muitas iniciativas de diálogo que existem aqui. É vital trazer os jovens para essa conversa. Eu estou há décadas nesse diálogo e isso me fez entender melhor minha própria fé cristã”, disse Dick Pruiksma.