CAJU retoma oficinas de teatro e dança

Cerca de 40 adolescentes e jovens começaram no nível básico do projeto MaladeArtes

As oficinas de teatro e dança do MaladeArtes da CAJU (Casa da Juventude Padre Burnier) retomaram as atividades nesta semana. Além daqueles que continuam os cursos em níveis intermediário e avançado, cerca de 40 adolescentes e jovens começaram no nível básico. Em um momento inicial, os jovens se conhecem, são apresentados aos educadores das oficinas e aos demais funcionários da Casa. Nesse período, as expectativas com as possibilidades das oficinas são grandes.

Klayssi Moreira da Silva, de 16 anos, é novata na oficina de teatro. Para ela, a oficina é uma oportunidade de se expressar melhor, poder “se soltar” e sentir mais à vontade em público. “Espero me sentir mais confiante e realizada no final do curso”, conta a adolescente. Ela afirma já ter experimentado o teatro na igreja e na escola, mas, pela primeira vez, pode participar de uma formação com um educador profissional.

As oficinas de dança de rua iniciaram as atividades neste ano. Wanessa Gomes da Silva, de 15 anos, sempre observava as apresentações que oss colegas realizavam na CAJU, quando participava da oficina de Informática e Cidadania. Neste ano, ela se motivou e fez sua inscrição no curso de street dance. “Sempre achei as apresentações lindíssimas e, mesmo não tendo facilidade para a dança, acho que posso dançar”, afirma. Ela ainda espera fazer amizades e diminuir a timidez.

Ainda há algumas vagas remanescentes para as duas oficinas. Os interessados devem entrar em contato, para informações e inscrições, pelo telefone (62) 4009-0339. Confira as fotos das aulas de dança e teatro.

Fonte: CAJU