Agenda Socioambiental da Unicap marca abertura da 23ª Semana Docente

Evento contou com palestras e discussão do ano letivo na universidade

 

foto
 
A inauguração da agenda socioambiental da Unicap (Universidade Católica de Pernambuco) marcou a abertura da 23ª Semana de Estudos Docentes e 7º Fórum de Funcionários da Católica. A solenidade foi realizada no auditório G2 na última semana. O evento que teve como tema Universidade sustentável: meio-ambiente e qualidade de vida contou com palestra do professor Luiz Felipe Guanaes Rego, da PUC-Rio.
 
No discurso de boas-vindas, o Reitor da Católica e presidente da Federação Internacional das Universidade Católicas (Fiuc), Padre Pedro Rubens (foto), estabeleceu uma relação entre o tema e a concepção de universidade comunitária. “Uma universidade sustentável amplia seus conceitos de comunidade e de sustentabilidade na medida que respeita o ambiente e promove a qualidade de vida”.
 
Padre Pedro ressaltou que a iniciativa tem como inspiração a experiência da PUC-Rio, que desde 2008 vem construindo uma agenda de sustentabilidade e que se tornou referência no assunto. Ao final de sua fala, ele enumerou três itens que servem de ponto de partida para o processo da Católica.
 
Os 70 anos da criação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Manoel da Nóbrega, uma das instituições que deu origem a Unicap; Ousadia (aqui ele deu como exemplo a criação do curso de Jornalismo há mais de 50 anos que, na época, “contou apenas com um jesuíta visionário, uma sala de aula e uma máquina de escrever. Criamos um curso de algo que ainda nem era profissão. É dessa ousadia que precisamos agora também”).
 
Duarante a solenidade, os pró-reitores aproveitaram o momento para compartilhar informações importantes desse começo de ano letivo. A Pró-reitora Acadêmica, professora Aline Grego, falou das mudanças nos centros e coordenações de cursos, além da recondução de cargos. Já o Pró-reitor Administrativo, professor Luciano Pinheiro, falou sobre a reforma e climatização do bloco B. “Obra financiada pela Conferência Episcopal Italiana”. 
 
fotoPalestra
A experiência de universidade sustentável da PUC-Rio foi o tema central da palestra ministrada pelo professor Luiz Felipe Guanaes Rego (foto). Para ele, o nosso modelo civilizatório está em xeque e é preciso buscar novos paradigmas de relação com meio-ambiente. “Chegamos a um momento em que a sociedade planetária precisa rever a forma de interagir com os recursos naturais”.
 
Guanaes falou da vivência do Núcleo Interdiscilplinar de Meio-Ambiente (Nima). “No começo foi difícil. Nunca chegávamos a um consenso. Depois enxergamos que a falta de consenso era parte da solução dos problemas “.
 
Ele contou também que a comunidade acadêmica se organizou em pequenos grupos que compunham “um grande grupo” que fez o mapeamento da universidade. A agenda está disponível no site da Puc-Rio. “Nossa iniciatica já gerou 35 dissertações de mestrado”, acrescentou Guanes que se mostrou otimista quanto ao futuro ambiental da Terra. ” O ser humano sempre se reiventa. As novas gerações terão mais capacidade de transformar seu comportamento. Mesmo assim, nós, enquanto professores, precisamos rever  nossa estrutura de formação dos alunos”.
 
Fonte: Assessoria Comunicação Unicap