Ex-alunas da Unicap vencem seleção de projeto

Projeto na área de Arquitetura ajudou a cidade de Recife a ser escolhida como uma das sedes de competição esportiva

Ex-alunas de Arquitetura Tamires Cristine (a esquerda) e Lucíola Queiroz (a direita) com a diretora do CCT, Andrea Câmara (ao centro)

A cidade do Recife (PE) foi escolhida, na última quinta-feira (17/01), como uma das cidades-sede da Volvo Ocean Race. O processo de seleção das cidades que receberão a regata de volta ao mundo 2014 começou em agosto de 2012, e Recife participou com o projeto apresentado por ex-alunas do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unicap (Universidade Católica de Pernambuco).

Até a definição de que a capital pernambucana seria a segunda cidade a receber a regata, foram cinco etapas vencidas por Lucíola Queiroz e Tamires Cristine, que participaram com um projeto que nasceu ainda na graduação. “A ficha ainda não caiu, estamos muitos felizes com o resultado. E saber que tudo começou como um projeto para a faculdade e agora está sendo posto em prática é melhor ainda”, disse Lucíola.

“O Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), o curso de Arquitetura e a Unicap ganham muito com isso. É muito bom saber que duas arquitetas, formadas por nós, são vencedoras de um processo como esse. É muito gratificante”, comemora a diretora do CCT, Andréa Câmara.

 “Isso é reflexo do que fazemos na Universidade. Trabalhamos desde o quarto período do curso com situações reais na prática. São projetos reais, com terrenos reais, isso forma o aluno para a realidade”, comenta a coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unicap, Paula Maciel.

Ao todo foram 82 cidades do mundo inteiro que participaram da seleção e Recife será a primeira cidade do Nordeste a entrar na rota do evento. Antes, apenas Rio de janeiro e Santa Catarina haviam sido sedes da volta ao mundo. A regata Volvo Ocean Race parte de Alicante, na Espanha, e chega ao Recife em novembro de 2014 e fica na cidade durante três dias. “Será ótimo para o turismo da cidade, receber uma regata tão importante como essa”, completa Lucíola Queiroz.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Católica